Literatura | Edição #483 - 28/06/2018

Um adeus ou até logo; é tudo que ainda não sei

Do JMP é, definitivamente, uma despedida, mas outras publicações podem vir

Amanda Watanabe
Estudante de Jornalismo

Foi motivo de desavenças, nervoso, desespero, ansiedade, alegria, surpresa mas, principalmente, orgulho. Orgulho de si próprio.

Teve aquele dia que li um texto no jornal e pronto, dali já nasceu a inspiração pra uma crônica espetacular. Na hora de ler, todos achavam que era uma crônica de amor, clichê romântico, quando “PÁ”, a crônica era sobre a vida de uma puta. Nunca me senti tão orgulhosa do que havia escrito.

Também teve aquelas quartas-feiras, 18h, que nenhuma ideia sequer rondava minha cabeça. Meu Deus, sobre o que eu vou escrever? Daqui uma hora tenho que entregar este texto. Daí surgiu a crônica do patinho feio que, particularmente, detesto.

São coisas – aquela aquela palavra que não pode no jornalismo, mas na crônica vale – da vida. Se tu conhece algum escritor que está inspirado a todo momento, por favor, me apresente, quero aprender.

As quartas-feiras não serão mais as mesmas. Por mais que houvesse dias de preguiça mesclados com dias inspiradores, a sensação de escrever e ter seu espaço para publicar é indescritível. Sem falar do sentimento de orgulho de si mesmo, a cada aplauso caloroso dos colegas de classe e da professora depois de um texto bem escrito. Houve também a tristeza de nenhum comentário recebido, mas já dizia aquele ditado contemporâneo: “segue o baile”.

Quanto aos textos, talvez eu apareça de volta por aí ainda

Nem sempre vitórias, nunca sempre derrotas, estamos em constante aprendizado. Talvez eu não esteja em uma boa fase para escrever uma crônica, talvez este texto seja uma despedida não só do Jornal Matéria Prima, mas também do meu eu escritora.

Ou talvez não, mas que fique registrado nesta página o meu carinho por esse jornal que me acompanhou ao longo de um ano, por essa professora incrível que nos orientou, corrigiu e ensinou com seu jeito único, que, como ela própria descreveria: “não é grosso, é firme”. Adeus Jornal Matéria Prima, quanto aos textos, talvez eu apareça de volta por aí ainda.

 

Imagem: arquivo pessoal. [1]

Imagem: Arquivo Pessoal.


Artigo impresso de Jornal Matéria Prima:
http://www.jornalmateriaprima.com.br

Endereço para o artigo:
http://www.jornalmateriaprima.com.br/2018/06/um-adeus-ou-ate-logo-e-tudo-que-ainda-nao-sei/

Endereços neste este artigo:

[1] Imagem: http://www.jornalmateriaprima.com.br/wp-content/uploads/2018/06/WhatsApp-Image-2018-06-27-at-01.05.45.jpeg

© 2017 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.