Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #483 - 28/06/2018

A despedida mais amarga que cerveja

No meio do caminho tinha um boteco, tinha um boteco no meio do caminho

Gabriel Trevisan
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
(Imagem/Arquivo pessoal)

(Imagem/Arquivo pessoal)

No percurso para casa, resolvo parar em um bar e tomar uma cerveja. Sentado em uma cadeira de metal, atrás de uma mesa de plástico amarela com dizeres “desce redondo! ”, em letras vermelhas, aprecio o copo americano cheio de cerveja – mais cheio de espuma do que cerveja, na verdade. Levando o copo à boca e bebendo bem devagarzinho, sinto o gosto amargo daquele momento. Na verdade, busco evitar escrever minha despedida ao Jornal Matéria Prima. A saudade me assusta.

Inspiro… Expiro… Então, em um momento de coragem, que começa a “subir” junto com o álcool, puxo da bolsa em meus pés uma caneta azul. Com uma mão ainda segurando o copo, estico a outra em busca de um guardanapo de papel. Como quem assina um testamento, sabendo que irá morrer, começo a escrever: “Assim eu quereria minha última crônica…”  então, subitamente paro. Essas palavras não são minhas. Um futuro jornalista deve escrever as próprias palavras.

Em um movimento de vai e volta, risco inúmeras vezes a frase com a caneta. Enquanto busco olhar em volta, atrás de inspiração, reparo que o boteco é um lugar pitoresco, com várias mesinhas de bar “amarelo-skol”, cadeiras vermelhas de metal e pôsteres de mulheres seminuas com cerveja nas mãos. Mas ainda não há inspiração. Tento buscar no cotidiano daquele lugar algo que torne a escrita mais leve e transforme a saudade em um fardo fácil de carregar.

Como quem assina um testamento, sabendo que irá morrer, começo a escrever

Fito o copo americano vazio e o encho novamente de cerveja. Bebo. Gole por gole, sinto de novo o gosto amargo na boca. Em mais uma tentativa, pego a caneta da mesa e começo a escrever no pedaço de guardanapo de papel um pedido de desculpa. “Desculpe-me por tanta raiva. Por todos os xingamentos que fiz a você. Por todas as vezes que reclamei de escrever crônicas, entrevistas, artigos de opinião, criticas de mídia e diversos outros gêneros…”

Novamente paro. “Desculpa? ”, penso eu. Esse JMP me faz passar é muita raiva. Noites em claro, pensando em pautas. Dinheiro gasto em Uber para ir atrás de entrevista. Horas escrevendo textos que, no final, teriam os erros expostos para toda a Redação do jornal. Faço um enorme X no pedido de desculpa e volto a escrever no papel. “Eu odeio você. Ainda bem que chegou ao fim, já estava cansado de tudo isso e toda a dor que você me causou, todo o esgotamento físico e emocional. Finalmente liberdade, JMP! ”

Levanto-me da mesa com o papel na mão. Dirijo-me ao balcão e pago a cerveja. Durante a conversa, enquanto aguardava o troco, a garçonete diz:

– Vi você escrevendo. Gosta de escrever? O sonho do meu filho é ser jornalista e um dia escrever para um jornal.

Engulo seco e apenas respondo com um aceno de cabeça. Esse também, um dia, foi meu sonho, escrever para um jornal.

Já na frente do bar, olho o guardanapo manchado de caneta azul e de muitos sentimentos. Em um gesto terno, faço uma bolinha de papel enquanto caminho em direção a uma lixeira. Deposito ali o guardanapo enquanto sussurro “obrigado por tudo, Jornal Matéria Prima”.

Viro as costas e continuo meu caminho para casa.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.234 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Navegante num rio de palavras, que não param de fluir de uma mente em busca do mar.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

junho 2018
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

galeria de fotos

Mark Twain Mario Quintana Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.