Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #480 - 28/05/2018

Quem tem pressa come cru (ou vira piada)

Ânsia em divulgar notícia antes de todos faz de G1 chacota na web

Carlos Henrique Rosa
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Durante alguns minutos, o texto apenas repetiu a manchete (Imagem/ reprodução Portal G1)

Durante alguns minutos, o texto apenas repetiu a manchete
(Imagem/ reprodução Portal G1)

Existe um consenso entre diversos autores que estudam o jornalismo desenvolvido para a internet de que uma das condições que diferem a web dos demais meios está na possibilidade de atualização constante da notícia, a cada nova informação que surge, de forma rápida. Assim, a qualquer momento, é possível ter acesso às últimas notícias de interesse – não precisando o usuário esperar pelo jornal do dia seguinte ou o noticiário da TV, por exemplo.

Porém, a jornalista e professora Roberta Steganha diz em um artigo que essa possibilidade cria uma disputa entre portais noticiosos rivais para ver quem dá a notícia primeiro, mesmo quando a informação não está completa. Dessa forma, é normal, para a autora, serem encontrados nos sites textos com a chamada da notícia seguida de dizeres do tipo “mais informações daqui a pouco”. Algo semelhante ao que o portal G1, do grupo Globo, fez para noticiar um corpo encontrado nos escombros do prédio que caiu em São Paulo no dia 1° (mais tarde identificado como sendo de Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, o homem que quase foi salvo pelos bombeiros quando o edifício veio abaixo).

Internautas fizeram piada com o “alto nível de discrição” (Imagem/ Reprodução Portal G1)

Internautas fizeram piada com o “alto nível de discrição”
(Imagem/ Reprodução Portal G1)

Durante vários minutos, o G1, talvez movido pela vontade de ser o primeiro a dar a informação, trouxe a chamada para a notícia e a mesma informação da chamada “copiada e colada” no texto (foto). Obviamente, conforme novos dados foram surgindo, o texto foi sendo atualizado (ganhando detalhes como a descrição do corpo, o local onde foi encontrado e as outras vítimas que estavam sendo procuradas). Contudo, isso demorou alguns minutos para acontecer. Logo, internautas começaram a ironizar o grau de “detalhamento” do texto, tanto na página do G1 no Facebook como na seção de comentários do próprio site (foto).

Quanto mais rápido a produção e veiculação, mais propensas a erros estarão as notícias

Esse episódio traz à tona novamente a velha – e não menos relevante – discussão acerca dos perigos que a busca pela divulgação cada vez mais rápida da notícia traz para o webjornalismo. Steganha afirma que tal busca pode por em xeque a qualidade do material. Já os professores Demétrio Soster e Marcia Benetti Machado vão além ao concluírem que quanto mais rápido a produção e veiculação, mais propensas a erros estarão as notícias (seja de estrutura ou informação).

Dessa maneira, deve-se haver uma reflexão por parte dos portais de notícia em dois aspectos. Primeiro, que eventuais erros cometidos pela pressa em publicar a informação podem afetar negativamente os envolvidos na notícia. Além disso, tais erros podem por em xeque a credibilidade do veículo perante o público ou, ao menos, fazer um site noticioso virar motivo de chacota, tal como ocorreu com o G1.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

"Lembre-se disso: Um dia a mais é um dia a menos, e vice-versa"

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

maio 2018
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

galeria de fotos

Mario Quintana Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.