Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #479 - 21/05/2018

A metalinguagem do Jornal Matéria Prima

Os mesmos problemas destacados por ombudsmans anteriores voltam a acontecer

Caio Manzano
caio-manzano

Comentários
 
Erros recorrentes que podem colocar o seu sonho em risco

Erros recorrentes que podem colocar o seu sonho em risco

Inicialmente para a edição 479ª, gostaria de salientar: O sujo falando do mal lavado – você já deve ter ouvido essa expressão. É uma forma chucra de deixar claro: esse que vos escreve não deveria estar apto para uma análise ombudsman. Esta deveria ser a função de quem cumpre com as suas obrigações de um jornal laboratório, como é o caso do Matéria Prima.

A oportunidade do erro vem sendo jogada fora, afinal, o mercado não tira notas,

Após mea culpa. A oportunidade do erro vem sendo jogada fora, afinal, o mercado não tira notas, perde-se oportunidades. Nas edições anteriores de ombudsman, inúmeros textos publicados destacando a falta de comprometimento e desempenho dos futuros  colegas jornalistas – na parte que nos cabe deste latifúndio, somente 5 matérias publicadas dos 13 escritos produzidos para a última edição. Então, pau que bate em Chico, bate em Francisco. Mesmo que houvesse interesse em dissertar e apontar questões a serem trabalhadas, faltariam opções.

Como há uma postagem que é feita por uma ferramenta burocrática e seu manual de 11 longas páginas, cabe aos acadêmicos de jornalismo procurar organização e cumprimento de prazos para dar conta de suas tarefas. Premissas pessoais básicas da profissão.  ”Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito” como diria o filósofo Pitágoras.

As correções em aula são outra parte primordial para que as postagens sejam realizadas corretamente. Lembrar que o seu nome como jornalista já está em jogo e que este material poderá fazer parte do seu portfólio – com a possibilidade de correção e orientação, já deveria ser motivacional o suficiente além de obtenção de nota para as tarefas da disciplina Técnicas de Reportagem.

As críticas que foram feitas aqui, são principalmente para quando o próximo colega na condição de ombudsman, não cometa o mesmo erro de não ter a condição de crítica pelo exemplo que vem desempenhando. Uma tarefa que já é árdua por si só, pode ficar ainda pior sem embasamento por um discurso hipócrita.

Por fim, faltam duas edições para o fechamento do semestre e com elas uma nova oportunidade de fazer a diferença, na verdade, cada minuto que passa é uma nova oportunidade fazer diferente  e mudar hábitos que comprometam o seu desempenho.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.