Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #473 - 09/04/2018

Particularidades da greve jornal o Diário

A falta de aprofundamento de conteúdo na Redação diminui credibilidade

Mavi Pessoa
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

Há dois meses os jornalistas e outros profissionais da Redação O Diário, jornal Norte do Paraná entraram em greve por tempo indeterminado. O motivo da paralisação é o não pagamento dos salários desde outubro do ano passado.  A empresa vem sofrendo processos jurídicos por atrasar salários há mais de dois anos e outros determinados compromissos de pagamento, como o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

São aproximadamente 20 profissionais na empresa. A maioria, segundo o Sindicato dos Jornalistas do Paraná, tem se redobrado em lutar com as economias para tentar sobreviver em meio a essa crise. São meses com contas atrasadas, pessoas perdendo patrimônio, poupanças esvaziadas.

Diante a toda crise, alguns jornalistas não quiseram abdicar das publicações do jornal. Mesmo não recebendo, estão em constante movimento com a publicação de conteúdo.

O prejudicamento da crise não esta somente para os profissionais da área.

Com uma equipe reduzida, apenas cinco ou seis repórteres, o Diário tem aproveitado de releases para fechar as edições. Além disso, o que tem ajudado a movimentação, são os anúncios proporcionados por empresas da cidade e regiões próxima.

A quantidade de páginas diminui e isso é um sinônimo que o jornal não está tendo mais estratégias de apurar informações aprofundadas. O Diário tem perdido a qualidade e credibilidade por conta desses setores.

O caderno de cultura (Caderno D+) do dia 4 de abril, por exemplo apresenta diversos erros, desde gramáticas a problemas de digitação. A diagramação das fotografias expostas no jornal e até mesmo os encerramentos de reportagens tem sido feitos sem o devido aprofundamento.

O prejudicamento da crise não esta somente para os profissionais da área, está também para a sociedade que depende para se informar sobre o que esta acontecendo no meio em que vive.

Para solucionar toda a crise no Diário, é necessário que se exija a lei de comprometimento de acertos financeiros, comprometimento de honestidade com jornalistas que abdicam de tempo para manter a apuração corretas das informações.

WhatsApp Image 2018-04-04 at 20.25.16

 

créditos /ilustração: Emanuel Almeida

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.047 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

O que me define é que sou totalmente coração em tudo que faço.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain George Carlin Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.