Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #474 | 16/04/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #474 - 16/04/2018

Os primários definem o rumo da notícia

Pessoas de altos cargos são proteção para os jornalistas brasileiros

Mariana Belleze
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Reprodução do Jornal O Globo do dia 8 de abril de 2018

Reprodução do Jornal O Globo do dia 8 de abril de 2018

A intervenção federal decretada no mês de fevereiro no Estado do Rio de Janeiro, passa à Segurança Pública ao general Walter Braga Netto, antes responsabilidade pelo governador do Estado Luiz Fernando Pezão, como reportado pelo jornal O Globo (Porta-voz do Exército diz que tropas já estão nas vias expressas e que inteligência agirá contra milícias), no último dia 8. A fonte primária se tornou a confiança do jornalista brasileira em relação à intervenção federal.De acordo com o autor Felipe Pena, os definidores primários são aquelas pessoas de cargos institucionais, como governadores, prefeitos, presidentes de empresas, delegados e policiais. Eles norteiam o trabalho da imprensa dependendo do fato, pois são as primeiras fontes a serem procuradas para entrevistar, por darem legitimidade ao conteúdo.

A apuração de fatos ocorre a partir de várias fontes, desde as de altos cargos (como citado anteriormente) à população em geral. Uma fonte única empobrece o texto noticiado, trazendo como consequência a falta de credibilidade, como ocorreu na edição do Globo deixando de lado, na reportagem, a apuração de conteúdo da população carioca. Situações ocorrentes no Rio de Janeiro em relação à intervenção federal, são noticiadas, muitas vezes, pelos governantes do país, podendo ser distorcida da realidade daqueles que vivem nas favelas cariocas.

A fonte primária omite informações(…)gerando uma “falsa” credibilidade

Os governantes, principalmente em ano de eleição, aproveitam da imprensa para usá-la nas campanhas política. Com a necessidade dos jornais de noticiarem o que ocorre em um dos Estados brasileiros mais importantes para o restante do país, há uma carência com o leitor.

O leitor brasileiro é prejudicado a partir do ponto que a fonte primária omite informações para melhoria da imagem (no caso, os governantes). Sendo assim, gerando uma “falsa” credibilidade, caindo em um ciclo vicioso de poder.

Em vista dos pontos apresentados, o jornalista deve prestar atenção na apuração dos fatos e na escolha das fontes primárias, não as tornando porta vozes da notícia, mesmo sendo as fontes principais do que está a ser relatado. Assim, torna-se o texto com credibilidade e informações necessárias.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

30.700 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Uma pessoa extrovertida buscando as histórias do mundo

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain Chico Buarque Mario Quintana

enquete

Seus direitos como cidadão estão mais protegidos com o trabalho do Observatório Social em Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.