Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #474 - 16/04/2018

Os primários definem o rumo da notícia

Pessoas de altos cargos são proteção para os jornalistas brasileiros

Mariana Belleze
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Reprodução do Jornal O Globo do dia 8 de abril de 2018

Reprodução do Jornal O Globo do dia 8 de abril de 2018

A intervenção federal decretada no mês de fevereiro no Estado do Rio de Janeiro, passa à Segurança Pública ao general Walter Braga Netto, antes responsabilidade pelo governador do Estado Luiz Fernando Pezão, como reportado pelo jornal O Globo (Porta-voz do Exército diz que tropas já estão nas vias expressas e que inteligência agirá contra milícias), no último dia 8. A fonte primária se tornou a confiança do jornalista brasileira em relação à intervenção federal.De acordo com o autor Felipe Pena, os definidores primários são aquelas pessoas de cargos institucionais, como governadores, prefeitos, presidentes de empresas, delegados e policiais. Eles norteiam o trabalho da imprensa dependendo do fato, pois são as primeiras fontes a serem procuradas para entrevistar, por darem legitimidade ao conteúdo.

A apuração de fatos ocorre a partir de várias fontes, desde as de altos cargos (como citado anteriormente) à população em geral. Uma fonte única empobrece o texto noticiado, trazendo como consequência a falta de credibilidade, como ocorreu na edição do Globo deixando de lado, na reportagem, a apuração de conteúdo da população carioca. Situações ocorrentes no Rio de Janeiro em relação à intervenção federal, são noticiadas, muitas vezes, pelos governantes do país, podendo ser distorcida da realidade daqueles que vivem nas favelas cariocas.

A fonte primária omite informações(…)gerando uma “falsa” credibilidade

Os governantes, principalmente em ano de eleição, aproveitam da imprensa para usá-la nas campanhas política. Com a necessidade dos jornais de noticiarem o que ocorre em um dos Estados brasileiros mais importantes para o restante do país, há uma carência com o leitor.

O leitor brasileiro é prejudicado a partir do ponto que a fonte primária omite informações para melhoria da imagem (no caso, os governantes). Sendo assim, gerando uma “falsa” credibilidade, caindo em um ciclo vicioso de poder.

Em vista dos pontos apresentados, o jornalista deve prestar atenção na apuração dos fatos e na escolha das fontes primárias, não as tornando porta vozes da notícia, mesmo sendo as fontes principais do que está a ser relatado. Assim, torna-se o texto com credibilidade e informações necessárias.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

31.917 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Uma pessoa extrovertida buscando as histórias do mundo

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mario Quintana Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.