Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Política | Edição #476 - 30/04/2018

Os desafios por uma democracia justa

A políitica brasileira sofre grandes turbulências desde 2014

Isabella Higa
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Imagem/ Guilherme Santos. Dia 31 de junho de 2016 em um ato pela democracia em Porto Alegre.

Imagem/ Guilherme Santos.
Dia 31 de junho de 2016 em um ato pela democracia em Porto Alegre.

Conforme as eleições do dia 7 de outubro se aproximam, a quantidade de pré-candidatos à presidência aumenta. Como de rotina, voltaremos às urnas para eleger quem irá representar nosso país, como fazemos há muitos anos nessa democracia que construímos. A política brasileira sofre grandes turbulências desde as eleições de 2014. As eleições de 2018 terão importância decisiva nos rumos do Brasil.

Buscar alternativas viáveis

para reduzir as criticas

e não atingir os votos

Já foram citados nomes conhecidos que possivelmente enfrentarão a disputa. Um deles é Joaquim Barbosa, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, e também Marina Silva, pré-candidata que mais agrega votos de Lula (no cenário em que o petista fica de fora das eleições). As campanhas vão começar em agosto e os pré-candidatos têm importantes obstáculos para superar.

Tempo escasso de propaganda, rejeição, falta de popularidade e, principalmente, pendências na Justiça são os principais obstáculos. Os pré-candidatos à presidência precisam solucionar esses problemas ou buscar alternativas viáveis para reduzir as críticas sem prejuízo eleitoral.

O momento é ideal para debater os assuntos que interessam à sociedade. Cada partido ou pré-candidato tem direito de expor ideias e opiniões. Mas nem sempre isso acontece. As campanhas eleitorais são controladas por especialistas em marketing político, que, na realidade, busca apenas o resultado. Os marqueteiros ensinam como ser um político para ganhar votos à base da simpatia e não como exercer e se responsabilizar por aquilo que prometeram em campanha.

Essas são estratégias para aumentar as chances dos candidatos serem eleitos. Infelizmente é assim que as campanhas eleitorais acontecem. Pelo menos não serão aceitas propagandas com montagens, efeitos ou qualquer tipo de edição. Mas ainda assim, os políticos são mercadoria na mídia, e esse é um obstáculo que os brasileiros precisam superar.

A mudança por uma política mais justa deve começar com os brasileiros sabendo, de fato, em quem estão votando. Nós, brasileiros, livres, com nossas convicções e interesses, é que escolhemos qual Brasil queremos, por meio do voto.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.244 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

"Saio em busca de um grande talvez" (John Green)

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mario Quintana Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.