Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #474 - 16/04/2018

Entre viver e existir, fico com o último

O dilema em mostrar ser quem não é a faz agir de forma inoportuna

Eduardo Domingos
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

 

IMAGEM / PIXABAY

IMAGEM / PIXABAY

Enrolada nos devaneios da mente insólita que a habita, o dilema diário em mostrar-se socialmente o que não é, a faz agir de forma inoportuna e às vezes ríspida com os mais íntimos. Não preciso que me digam como agir, dizia, sou crescida o suficiente para dar crédito a opiniões contrárias. Um simples “bom dia”, era motivo de aborrecimentos, pois ela não fazia questão em ser educada a tal ponto. O término recente com o namorado piorou ainda mais o humor “inesperado” dela. De quem seria a culpa?

No trabalho, contrariada com uma decisão que não concordara e que hierarquicamente não a cabia refutar, tomou a atitude extrema em demitir um subalterno simplesmente para aliviar a tensão e, novamente, se sentir numa posição confortável em relação ao outro. Mais tarde, começou a questionar consigo o por que de a dedicação profissional que ela julgava ter, não a fazia conquistar a tão sonhada promoção. Mais uma vez, de quem seria a culpa?

A amiga logo atendeu o pedido, porém o trabalho não pôde mais ser entregue

Ao chegar em casa, notou que o trabalho da faculdade que ela estava adiando há um mês, estava no dia da entrega. Sem pensar duas vezes, mandou uma mensagem para a única amiga da classe lhe pedindo um imenso favor. A orientou a mentir para a professora que não estaria na aula no dia, devido à filha ter se acidentado e ela estar no hospital impossibilitada de pensar em qualquer outra circunstância. A amiga logo atendeu o pedido, porém o trabalho não pôde mais ser entregue devido a professora ter descoberto toda a verdade. É, diferente do que ela havia pensado, a famosa frase: “A mentira tem pernas curtas”, se mostrou mais eficiente.

Novamente, de quem seria a culpa?

Passado um tempo, ela recebeu a péssima notícia de que a dedicação que ela jurava ter no trabalho tinha sido em vão. Foi demitida no momento em que menos esperava e que mais precisava do dinheiro para arcar com as contas da casa. Na faculdade, ficou retida no penúltimo semestre.

Droga, logo agora que estava quase terminando o curso! Esbravejou.

Perdurou alguns dias sem saber muito bem qual rumo tomar na vida. Irracionalmente, decidiu entrar no banheiro olhar para o espelho e perguntar-se:

De quem é a culpa?

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.234 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Amy Winehouse, somente.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain George Carlin Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.