Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #473 - 09/04/2018

Duas metades distintas de uma laranja

A laranja tem duas partes: Uma mais doce outra um pouco mais amarga

Gabriel Trevisan
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Imagem/Pixabay

Imagem/Pixabay

_ Pai, finalmente estou voltando de Nova York, a viagem foi um saco.

_ Poxa filho, o que aconteceu?

_ Estava nevando demais! Sem contar aquelas ruas cheias de brasileiros e kombis de cachorro quente. Isso é o que mais tem em Maringá, não preciso viajar quinze horas pra ver isso.

_ É, realmente… Mas você ao menos gostou dos barzinhos?

_ Cerveja quente, amarga e o olho da cara. Sem contar que tudo que você faz tem que dar gorjeta, só não foi pior que andar de táxi.

_ Mas o que havia de errado com os taxis?

_ Cada vez que você entrava em um encontrava um estrangeiro diferente. Afegão, paquistanês, espanhol. Viviam berrando no celular na sua língua materna e só falavam inglês no final da corrida para pedir a famosa “TIP, TIP, TIP”.

_ Ah, mas Nova York tem metrô, certo? Vocês não usaram?

_ Metrô?? Pai, aquilo tinha um cheiro tão ruim que lembrava meu cachorro depois de ficar o dia inteiro na chuva.

_ Nossa, mas teve algo bom nessa viagem?

_ Bem… foi com o amor da minha vida.

*

Eles serviam a cerveja um pouco mais quente para equilibrar com o frio

 

 

 

*

_ Mãe, estou voltando de Nova York, a viagem foi incrível!

_ Eu fico muito feliz, já estava com saudades. O que teve de tão incrível?

_ Bem, chegamos e estava N-E-V-A-N-D-O! Foi ótimo para quem estava querendo fugir do calor de Maringá. Falando na cidade, toda vez que sentia saudades de casa era só sair na rua para encontrar vários brasileiros e kombis de cachorro quente, isso matava um pouquinho da saudade.

_ Que delicia!  E os barzinhos, como eram?

_Encantadores!  Você acredita que eles serviam a cerveja um pouco mais quente para equilibrar com o frio que fazia lá fora? E não desperdiçavam cerveja com o colarinho não. Só não foram mais legais que os táxis.

_ Mas o que tem teve de tão interessante nos táxis?

_ Cada táxi que você entrava era uma imersão cultural. Afegão, paquistanês, espanhol, cada um falando sua língua materna. Era tão engraçado vê-los conversando ao celular. Acho até que aprendi alguns xingamentos em espanhol.

_ Cada coisa em… Mas vocês andaram de metrô ai também?

_Sim mãe, eles eram tão grandes!! O cheiro me lembrou um pouco o Bob. Só não sei se o mozão gostou da viagem. Acho que ele preferia ter vindo sozinho.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Navegante num rio de palavras, que não param de fluir de uma mente em busca do mar.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Cazuza Mario Quintana Mark Twain

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.