Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #474 | 16/04/2018 - Ano XIX
 
Saúde | Edição #474 - 16/04/2018

A concepção das dietas influenciadoras

Redes sociais têm substituído o caminho até aos médicos e consultórios

Laís Rocha
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

Diariamente nos deparamos com formúlas, dietas e métodos para emagrecer. Abrimos nossas redes sociais e o que encontramos são pessoas em busca de uma qualidade de vida melhor e um corpo esteticamente perfeito. Em tempos de fake news, tudo que lemos merece uma atenção maior. O que mais vemos, são publicações  com dietas malucas e a obsessão pelo corpo perfeito.

Combater esse tipo de comportamento é fundamental, pois é alarmante o numero de sites que influenciam as dietas malucas tanto de celebridades, quanto de pessoas que perdem horrores de peso, sem ao menos um acompanhamento profissional. A mídia influencia ao ponto de esquecer o incentivo à procura de profissionais ligados ao assunto.  O demérito foca apenas em cliques e compartilhamentos, colocando em risco a saúde de muitos.

Não são apenas textos postados na internet que influenciam, mas também fotos. Os padrões de beleza todos conhecem e são os que vemos nas capas de revistas, novelas, filmes e principalmente no Instagram. A rede social de fotos é a principal ferramenta de cliques, visualizações e seguidores, onde encontramos o dia a dia de muitos influenciadores digitais por meio dos stories, atraindo milhares de pessoas a adotarem determinado ponto de vista.

 O demérito está em cliques e compartilhamentos, colocando em risco a saúde de muitos.

O fato é que a atenção a esses tipos de influenciadores deveria ser dada por especialistas, pois milhares de pessoas são levadas a gastar dinheiro em dietas, produtos e remédios, sem a procura de um verdadeiro especialista formado e com domínio no assunto. A mídia tem mostrado o poder dos influenciadores digitais, o lado bom e o tanto de pessoas que atraem. Mas e o outro lado? São grandes referencias na atualidade, mas não tem entendimento sobre o assunto, só sabem o que já foi dito.

Em uma matéria publicada pelo site G1 NOTICIA recentemente, mostrou a rotina de uma instagrammer que perdeu peso e ganhou seguidores. A famosa compartilhava sua rotina com os internautas e dava mensagens de estímulo, influenciando para uma melhor qualidade de vida.

Em uma pesquisa realizada recentemente pela Associação Brasileira de Nutrologia, mostrou que 77% de 503 entrevistado já iniciaram uma dieta por conta própria. Desses 503, (3,1%) procurarão informações com amigos, (3,1%) em sites, (1,7%) em livros e (1,5%) com influenciadores digitais, onde estão as fontes mais citadas pelas pessoas.

(Imagem/Pixabay)

(Imagem/Pixabay)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

30.700 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain George Carlin Cazuza

enquete

Seus direitos como cidadão estão mais protegidos com o trabalho do Observatório Social em Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.