Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Saúde | Edição #474 - 16/04/2018

A concepção das dietas influenciadoras

Redes sociais têm substituído o caminho até aos médicos e consultórios

Laís Rocha
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

Diariamente nos deparamos com formúlas, dietas e métodos para emagrecer. Abrimos nossas redes sociais e o que encontramos são pessoas em busca de uma qualidade de vida melhor e um corpo esteticamente perfeito. Em tempos de fake news, tudo que lemos merece uma atenção maior. O que mais vemos, são publicações  com dietas malucas e a obsessão pelo corpo perfeito.

Combater esse tipo de comportamento é fundamental, pois é alarmante o numero de sites que influenciam as dietas malucas tanto de celebridades, quanto de pessoas que perdem horrores de peso, sem ao menos um acompanhamento profissional. A mídia influencia ao ponto de esquecer o incentivo à procura de profissionais ligados ao assunto.  O demérito foca apenas em cliques e compartilhamentos, colocando em risco a saúde de muitos.

Não são apenas textos postados na internet que influenciam, mas também fotos. Os padrões de beleza todos conhecem e são os que vemos nas capas de revistas, novelas, filmes e principalmente no Instagram. A rede social de fotos é a principal ferramenta de cliques, visualizações e seguidores, onde encontramos o dia a dia de muitos influenciadores digitais por meio dos stories, atraindo milhares de pessoas a adotarem determinado ponto de vista.

 O demérito está em cliques e compartilhamentos, colocando em risco a saúde de muitos.

O fato é que a atenção a esses tipos de influenciadores deveria ser dada por especialistas, pois milhares de pessoas são levadas a gastar dinheiro em dietas, produtos e remédios, sem a procura de um verdadeiro especialista formado e com domínio no assunto. A mídia tem mostrado o poder dos influenciadores digitais, o lado bom e o tanto de pessoas que atraem. Mas e o outro lado? São grandes referencias na atualidade, mas não tem entendimento sobre o assunto, só sabem o que já foi dito.

Em uma matéria publicada pelo site G1 NOTICIA recentemente, mostrou a rotina de uma instagrammer que perdeu peso e ganhou seguidores. A famosa compartilhava sua rotina com os internautas e dava mensagens de estímulo, influenciando para uma melhor qualidade de vida.

Em uma pesquisa realizada recentemente pela Associação Brasileira de Nutrologia, mostrou que 77% de 503 entrevistado já iniciaram uma dieta por conta própria. Desses 503, (3,1%) procurarão informações com amigos, (3,1%) em sites, (1,7%) em livros e (1,5%) com influenciadores digitais, onde estão as fontes mais citadas pelas pessoas.

(Imagem/Pixabay)

(Imagem/Pixabay)

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Sandra disse:

Se você come para viver e não vive para comer, já encontrou o mapa da mina, é só por em prática, comendo de tudo UM POUCO, sem pressa, mastigando bem cada bocado e valorizando o sabor da comida e saindo da mesa ainda com um tiquinho de fome que é para dar tempo de o bolo alimentar descer e transmitir a sensação de saciedade indispensável para o cérebro “fechar a rosca”. Comer compulsivamente é sinal de ansiedade, de insatisfação em outras áreas da vida que se busca compensar no alimento até que o coração e outros órgãos comecem a pedir socorro para você continuar vivendo, de preferência numa boa, sem cápsulas e sem traumas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.234 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Uma jornalista em eterna formação

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2018
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain Mario Quintana Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.