Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #472 - 29/12/2017

Dezoito homens pró-vida, mas de quem?

Aborto é questão de saúde pública, não é a discriminação que vai pará-lo

Amanda Watanabe
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

Paredes altas, cores sombrias, foto eterno. A sala era gigante, mas ocupávamos apenas uma pequena porção ao centro. O olhar julgador daqueles dezoito homens arrepiava minha espinha.

_ Como é garantido por lei, dou-lhe a palavra de defesa, disse aquele baixinho careca, que devia ter mais de meio século de vida.

Meus lábios roxos tremiam, mesmo com todo o calor que cercava o ambiente.

_ Eu não queria, eu não pude fazer nada. Estava sozinha, voltando do trabalho, 10 horas da noite. Um desconhecido me forçou a entrar no carro e me violentou. Eu não tenho forças para carregar um feto desse monstro dentro de mim. Suplico a vocês, me libertem.

_ Mas será que a senhora tentou fechar as pernas?, indagou o baixinho.

Aos prantos, com lágrimas silenciosas que pareciam um poço sem fim. Não era possível que aquelas palavras estavam ecoando por aquele lugar. Eu não tive forças para responder.

O olhar julgador daqueles dezoito homens arrepiava minha espinha.

_ Me conte como a senhora estava vestida?, solicitou ainda o baixinho.

_Uma camiseta, um salto alto e uma saia um pouco acima do joelho.

_Também né, 10 horas de noite de saia, essa ai tava pedindo, a voz eclodiu em meio à risos dos dezoito homens. Não identifiquei quem foi, as lágrimas já embaralhavam meus sentidos. Meus pensamentos não estavam alinhados. Tudo isso não pode ser real.

_ Senhor, eu não quero ter esse filho, por favor, atenda meu pedido.

_ Como ousas pedir uma coisa dessas, o que Deus pensaria de você? Pecadora.

_ Mas, senhor, até Maria foi consultada para ser mãe de Jesus. Qual é meu pecado?

_ Não importa, um feto é uma possibilidade de vida, a senhora vai mantê-lo,foram as palavras finais dos dezoito homens.

Dois dias depois, uma uma tarde chuvosa, a possibilidade de vida não existia mais. Em uma clínica clandestina, ele se foi, e eu também.

Imagem: Pixabay

Imagem: Pixabay

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.231 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Site para exaltar a imagem de uma ex-introvertida que quer ser jornalista.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

galeria de fotos

George Carlin Chico Buarque Mark Twain

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.