Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #482 | 18/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #472 - 29/12/2017

A vida própria dos meus cachos indomados

Os cachos de várias personalidades, podem ser definidos, menos domados

Janaína Lopes
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

 

imagem/Pinterest

imagem/Pinterest

Eu não vou alisar! Pensa no amor que sinto pelo meu cabelo. Não é fácil lidar com essa cabeleira que parece ter vida própria. Não gosta de estar bem definido, ou domado. Podem até chamá-lo de rebelde ou “falta de pente”, para mim os cachos são livres. É. Depende.

Quando criança, estava sempre amarrado, estilo coque ou rabo de cavalo. Puxado em uma precisão que chegava a doer o couro cabeludo. Alisar nunca foi uma opção. Porém, Deus me livre se um fiapinho de cabelo estivesse fora do lugar. Mas um sonho era usá-lo solto, estilo as meninas de novela.

Agora imagina que entramos em um clima de suspense. Estava na 5° série. Numa manhã de aula comum. Eis que apareço com as madeixas soltas e libertas. Toda contente e confiante, digo: “Olha, meu cabelo está solto”, e os rostos dos colegas de classe aparentavam assustados e.. fim de suspense. Me olharam com cara de desentendidos. Para eles não era nada demais. Já para mim, era sinônimo de alegria, a minha verdade, a minha vontade.

Podem até chamá-lo de rebelde ou “falta de pente”, para mim os cachos são livres. É. Depende

Eu, enfim, estava usando o cabelo solto pela primeira vez em toda a vida. Havia um detalhe importante, eu não sabia que meus cachos precisavam de uma quantidade excessiva de creme para pentear. E adivinha! Naquele dia, eu não havia passado nem uma gota. Já diz o ditado “se não tá preso, tá armado”.

Ah cabelo, cabelo meu, já passamos por tantas situações. Comparado a inúmeros objetos, já foi xingado, chamado de Bombril, até palha de aço. Palavras de mentes ignorantes e medíocres, dizeres exaustos que até para insultar falta criatividade. Mas confesso, meus pensamentos de adolescente matutavam que meus amores platônicos, eram perdidos porque meus fios não eram lisos. Piada. Para mim, repito, para mim o liso é sem graça. Não estou desmerecendo os fios escorridos, mas cachos podem ter várias personalidades. Como pode perceber, são tipos pra todo lado de 2B a 4C.

Esses anos todos, meus cachos só queriam os meus cuidados. Hoje passamos por cada uma que valei-me Nossa Senhora do Cachos Definidos. É transição, hidratação, nutrição, reconstrução, e parece que nunca está bom. Mas para que a pressa, se não são aos outros que preciso agradar. Do meu cabelo eu é quem tenho que gostar.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

31.174 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

"Assumindo o meu lugar. Venham as nações." (Hugo Santos)

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

galeria de fotos

Cazuza Mark Twain George Carlin

enquete

É preciso começar a discutir a sexualidade ainda na infância?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.