Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #482 | 18/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #471 - 20/11/2017

Projeto em bairro exerce ação com idosos

Relação interpessoal contribui para que idosos do Aclimação não se sintam sozinhos

Isabella Higa
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Imagem/ Isabella Higa "Os idosos entram em contato com outros colegas"

Imagem/ Isabella Higa
“Os idosos entram em contato com outros colegas”

A população idosa está crescendo mais e os principais fatores do aumento da expectativa de vida são, principalmente, por causa das atividades físicas e do avanço da medicina. Um bom exemplo é o Projeto de Extensão de Educação física que ocorre no Jardim Aclimação, na Avenida Guedner, região Sul de Maringá, coordenado pela professora Terezinha Gomes Faria, que desenvolve o projeto há oito anos.

As atividades são para a comunidade que tenha mais de 50 anos. A professora Terezinha desenvolve ações e dinâmicas que estimulam o participante a praticar exercícios que o ajudam a manter o corpo. Também é uma maneira de ocupar a mente. “Os idosos, quando participam dessas atividades, entram em contato com outros colegas. Essa relação interpessoal contribui também para que eles não se sintam sozinhos.”

O Projeto de Extensão de Educação Física ocorre todas as terças-feiras e quintas-feiras de manhã.  Para ingressar no projeto alguns cuidados são exigidos. “Antes de praticar qualquer esporte é importante fazer uma avaliação física para saber se a pessoa está apta a praticar as atividades. E como trabalhamos com pessoas com mais idade, pedimos sempre um relatório detalhado de um cardiologista”,  conta Terezinha.

Movimentar o meu corpo

é algo que me traz felicidade

 

A psicóloga Angelita Mendes Flores conta que geralmente as pessoas com mais idade começam a ter ansiedade e a atividade física ajuda a controlar isso. “A ansiedade é uma energia em excesso e quando os idosos são aposentados, normalmente  não descarregam essa energia. A atividade física contribui diretamente para saúde mental da pessoa, porque é uma maneira de ocupar a mente com um esporte.” Relata Angelita.

Quem participa desse projeto é a Dalci Carvalho, dona de casa, 71 anos, que mora na Vila Morangueira região e vem até o bairro Jardim Aclimação, para participar das atividades. Ela percebeu o quanto praticar atividades físicas contribuiu para melhorar a própria saúde. “Realizar um esporte, movimentar o meu corpo, é algo que me traz felicidade e no fim do dia eu me sinto melhor. Quando comecei a participar, eu não conhecia ninguém e hoje fiz muitos amigos. Eu me divirto muito”.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

31.174 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

"Saio em busca de um grande talvez" (John Green)

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

Chico Buarque Mark Twain George Carlin

enquete

É preciso começar a discutir a sexualidade ainda na infância?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.