Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #469 - 06/11/2017

Poderosa e infame, implacável Lei do Ex

Irônica, infalível e risível jurisdição de relacionamento sentimental

Adevanir Rezende
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

Brasil, um país definido entre tantas palavras, termos, ideias e ideologias, acusações e esperanças, alegrias e tristezas. Algumas se mesclam e é no sentimental que nos confundem. Brasil, país do futebol. Brasil, país onde as leis não funcionam.

Frágil afirmação de um país firmado na mais potente energia de uma lei: a Lei do Ex. Sabe aquela mania tão tupiniquim de, até mesmo inconscientemente, buscar se integrar numa história? Quem não conhece aquele vizinho que tem um tio que viu o milésimo gol de Pelé? Ou a prima de um ex-colega de classe que estava nas ruas pelas Diretas Já? Já para a Lei do Ex, não precisa disso, todo mundo já viveu.

Isso é apenas uma resposta a uma situação muito comum. Independentemente do quão bom e técnico seja o time que escolhemos torcer, sempre (sempre mesmo) vai ter aquele jogador folclórico de tão ruim, que nunca entendemos como chegou lá e menos ainda o motivo de continuar. E jogador ruim é igual roupa feia, se você tem, uma hora pode precisar usar.

Até que chega o dia em que esse mesmo jogador muda de ares, vai atrás de novas oportunidades, encontra uma nova equipe, faz aquela apresentação agradecendo a oportunidade anterior. Começa aí a ironia de um reencontro com aquele que agora é ex-jogador de onde passou, até mesmo execrado. É a versão boleira da máxima de que “você é, foi ou ainda será corno”.

Se o Futebol é um menino que improvisa e diverte com sua alegria, o Destino é aquele tiozão que se acha jovem mas ainda faz as mesmas piadas e causa constrangimento público, sempre pronto para incomodar.

Dia de jogo, o melhor jogador do adversário está lesionado. O substituto? É “Aquele”, o excomungado perna-de-pau, que te faz comemorar ao mesmo tempo que, conhecendo a mística futebolística, te faz rir de nervoso.

Ato de vingança e redenção dos defenestrados, um sopro de efeméride

Pois é, não tem como falhar. Time precisando do resultado, segurando na bacia das almas e eis que vem o chutão. Defesa falha e os holofotes apontam para aquela memória de um passado com a camisa que agora enfrenta. Chute mascado desviando ou uma bicicleta, de barriga ou cabeceando, não importa. Mas a bola entra no gol, o placar se altera, e a incredulidade já vai passando a ser aceitabilidade (alô, Tite!), um ato de vingança e redenção dos defenestrados, um sopro de efeméride.

Lei do Ex, mais uma vez, é infalível, inacreditável, rotineira, tragicômica, uma ação dolorosa e inspiradora. Ou seja, o Futebol em sua essência.

Márcio Araújo marca contra o Palmeiras e sanciona Lei do Ex (Reprodução: Canal Premiere FC)

Márcio Araújo marca contra o Palmeiras e sanciona Lei do Ex (Reprodução: Canal Premiere)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.124 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Em certos momentos, as palavras e a poesia são ato de resistência; para informar, inspirar e compartilhar

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

Mario Quintana Chico Buarque Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.