Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #470 - 10/11/2017

Estufas garantem a produção de Laura

Feirante troca a produção de banana maçã pelo tomate, pepino e vagem

Edição Especial
Projeto Integrador 2017

Comentários
 
Laura e José Marcio exibem os tomates que produzem Imagem/Arquivo Pessoal

Laura e José Marcio exibem os tomates que produzem
Imagem/Arquivo Pessoal

Laura Franciscado, 39 anos, mulher brasileira, 1,65 de altura, corpo magro e, ainda sim, forte, de sorriso extravagante e marcas de uma lutadora. Casada desde 1997 com José Márcio Franciscado, mãe de dois filhos, mudou-se para Mandaguaçu, a 20 km de Maringá. Ao chegar na cidade nova, a descoberta de uma terra cheia de problemas.

O casal decide trabalhar na feira de Mandaguaçu, vendendo uma pequena produção. Com o tempo, o negócio prospera. Chegam as estufas e melhoram as condições para tratar a terra. A horta agora é maior e melhor.

 Em 2002 o casal começa a analisar o mercado e percebe que a Feira do Produtor de Maringá não tem muitos vendedores de banana maçã, na época era o carro-chefe da produção do casal. Começa então uma nova etapa: as idas e vindas de Mandaguaçu para Maringá semanalmente, no intuito de lucrar mais dentro de uma feira maior e com demanda para os produtos que eles poderiam oferecer.

O casal já está há 15 anos na Feira do Produtor de Maringá (Imagem/Arquivo Pessoal)

O casal já está há 15 anos na Feira do Produtor de Maringá
(Imagem/Arquivo Pessoal)

Este ano Laura e José Marcio completam 15 anos dentro da Feira do Produtor de Maringá. Na barraca deles não há mais as famosas bananas maçã. Laura dá pela primeira vez um sorriso largo e explica que as doenças da terra e frequentes furtos forçaram o casal a mudar o foco da produção. Com as estufas, agora, eles produzem vagem, pepino e tomate.

Doenças da terra e furtos forçaram o casal a mudar o foco da produção

Questionada sobre as dificuldades de ser feirante nos dias de hoje, Laura faz questão de afirmar que tratava-se de uma opinião pessoal, pois dentro da feira há divergências sobre o assunto. “A abertura dos supermercados aos domingos e às segundas, juntamente com a crise financeira, tornam as nossas vidas muito complicadas. A clientela não se importa muito com a qualidade, e sim com os preços, conforto e acessibilidade”, diz, referindo-se à queda no consumo.

A pergunta sobre os produtos orgânicos se tornou quase um clichê. Laura explica que existem barracas de orgânicos na Feira do Produtor e que o cliente deve ficar despreocupado ao consumir, contudo explica que a produção dela e de José Marcio não cumpre os requisitos. “Não conseguimos porque temos plantação de soja de um lado e do outro [da propriedade], não temos condição de ser orgânicos com a quantidade de produtos [defensivos agrícolas] que são lançados ao nosso lado.”

* Produzido pelos estudantes Matheus Alves e Luiz Gustavo, na disciplina Narrativas Jornalísticas

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.117 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

Chico Buarque Cazuza Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.