Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #469 - 06/11/2017

Epidemia do jeitinho brasileiro aumenta

Infecção ataca a população e desenvolve sintomas não identificados

Marieli Rossi
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

(Imagem/Pixabay)

Extra, extra: “jeitinho brasileiro virou epidemia”.

Sou brasileira, 19 anos, classe média, estudo em uma instituição de ensino particular, sou extremamente ignorante e fui contaminada pelo jeitinho brasileiro.

Sempre fui ensinada a ser honesta, a “andar na linha”, ser uma pessoa do bem. Mas a epidemia chegou até mim, e o pior, eu não quero me curar.

Fique tranquilo. O povo brasileiro não é o único infectado.

O jeitinho brasileiro muda a vida de muita gente. Gente como eu, que é ignorante. Gente como você, que não reconhece a ignorância. Mas eu até entendo que você deve estar confuso. Afinal, o que é o jeitinho brasileiro?

Sabe aquele momento que você percebe que o troco do mercadinho veio a mais? Ou aquela Sky gato que você usa pra não pagar mensalmente um pacote? Também tem aquele famoso ditado “achado não é roubado” Então, meu caro, se você faz ou fez alguma dessas coisas, eu lamento dizer, mas você está contaminado.

A sensação que essa epidemia traz é ótima, mas cuidado com os sintomas. A ignorância é o primeiro que aparece. Você vai sair do mercadinho e vai contar o troco. Vai ver que veio a mais, vai ficar feliz e nem vai passar pela sua cabeça devolver. Não vai pensar nas consequências que o vendedor vai ter. Você não vai pensar em nada. Mas aí vem o pior. Você vai chegar em casa, vai sentar pra conversar com alguém, vai ligar a TV, ver que o jornal está falando de política e é aí que o primeiro sintoma ataca. “Esses políticos são todos corruptos. O Brasil não vai pra frente desse jeito. Eles só sabem roubar…”

Essa epidemia só aumenta e os brasileiros adoram. Existe cura, mas não existe vontade de se curar. É óbvio que existem exceções, porém eu não sou uma delas. Acredito que você, caro leitor, também não seja. Mesmo que você tenha devolvido o troco no mercado ou não use Sky gato, ainda assim, você deve ter sido contaminado.

O jeitinho brasileiro está no político, no vendedor do mercadinho, no médico, no atleta, na faxineira, no padre, nos jornais, na televisão, no morador de rua, e com certeza, está em você também.

Mas fique tranquilo. O povo brasileiro não é o único infectado.

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.124 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Sol em câncer, lua em touro e ascendente em aquário.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

George Carlin Mario Quintana Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.