Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #470 - 10/11/2017

Barraca de Osamu atrai pelo colorido

A variedade de flores encanta e enche os olhos dos consumidores

Edição Especial
Projeto Integrador 2017

Comentários
 
Toshiaki Sato cuida da barraca na Feira do Produtor  (Imagem/Mavi Pessoa)

Toshiaki Sato cuida da barraca na Feira do Produtor
(Imagem/Mavi Pessoa)

Em meio a tantas barracas existentes na Feira do Produtor de Maringá, há uma que embeleza mais que outras e tem o poder de chamar atenção pelas cores, formas, diversidade e aromas. Um verdadeiro encanto para os que gostam, conhecem e compram. A barraca das flores é do feirante João Osamu Kokubu, 63, morador de Marialva, distante 17 km de Maringá.

A família de Osamu é pioneira em Marialva e começou primeiramente com a plantação de café. Logo depois vieram as uvas, hortaliças, até que chegaram às flores.

Na barraca de Osamu a espécie mais antiga recebe o nome de Ambiance, a mais desejada pelos consumidores. A barraca é cuidada e comandada pelo irmão de Osamu, Toshiaki Sato, 73, um dos pioneiros da Feira do Produtor de Maringá, e mesmo com idade avançada ele diz sentir prazer em fazer o que faz. Foi por meio dele que as flores ganharam espaço na feira. A plantação, o cultivo e as vendas contam com a ajuda de filhos e sobrinhos. A família prioriza trabalhar sempre junta e unida, herdando a cumplicidade ensinada de pai para filho.

A plantação, o cultivo e as vendas contam com a ajuda de filhos e sobrinhos

Douglas Yoshinobu Kokubu, 20, é filho de Osamu e desde pequeno ajuda o pai no trabalho com as flores. Ele conta que 90% dos clientes da barraca são fieis e estão toda semana fazendo compras. Douglas Youshinobu destaca que exstem dois tipos de clientes: o marido romântico, que compra flores para a mulher, e as pessoas que fazem votos a santinhos por meio da fé.

A família de Marialva é descendente de japoneses e começou com a plantação há 25 anos. Hoje eles sobrevivem com a renda que vem da terra. Eles contam que, conforme o passar dos anos, as variedades de flores mudam e que as que são vendidas hoje são totalmente diferentes das de dez anos atrás. Os experimentos também são feitos por eles, para que novas cores venham a surgir.

Além do trabalho na Feira do Produtor a família também fornece flores para floriculturas, decoradores e funerárias de Maringá e região. A chácara dos Kokubu é o ponto turístico para aqueles que querem conhecer a beleza da produção.

 

Um dos filhos de Osamu na propriedade onde são produzidas as flores Imagem/Mavi Pessoa

Um dos filhos de Osamu na propriedade onde são produzidas as flores
Imagem/Mavi Pessoa

Produzido pelas estudantes Maria Vitória Pessoa e Laís Fernanda Rocha, na disciplina Narrativas Jornalísticas.

 

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

31.372 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

Mark Twain George Carlin Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.