Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #466 - 16/10/2017

Projeto muda a vida de idosos em Bom Sucesso

Iniciativa melhora rotina e atividades que foram alteradas com o tempo

Aclizio Valério
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Olindina (ao fundo,sorrindo) diverte-se em dia de bingo (Imagem/ Aclizio Valério)

Olindina (ao fundo, sorrindo) diverte-se em dia de bingo
(Imagem/ Aclizio Valério)

A população de idosos no Brasil, ou seja, aqueles que têm 60 anos ou mais, subiu de 9,8% para 14,3% nos últimos 10 anos, segundo os estudos da “Síntese de Indicadores Sociais (SIS): uma análise das condições de vida da população brasileira”. Pesquisa com base no IBGE e nos ministérios da Educação,  da Saúde e do Trabalho.

Na cidade de Bom Sucesso (60 km de Maringá) há cinco anos é realizado um projeto do governo Federal, com atividades que buscam melhorar a saúde física e psicológica dos idosos. O projeto faz parte das atividades complementares ao serviço de convivência e fortalecimento de vínculo, disponibilizando desde  bingo de saúde mental, artesanato (crochê e pintura), caminhadas matinais até baile para os idosos, melhorando a vida e a rotina deles.

Matilde Tezolin Hernandes, 52, presidente do Sindicato Rural de Bom Sucesso e coordenadora do projeto, conta que o objetivo é melhorar a qualidade de vida, ajudando no cognitivo, coordenação motora e demais fatores que foram alterados no decorrer da vida. “Tudo que é dado que use as mão e o cognitivo, eles têm dificuldades e com as atividades vejo uma grande melhora na vida deles”, diz.

Antes não conseguia me concentrar, agora já consigo. O bingo me ajudou muito

Olindina Maria de Sousa, 78, aposentada e moradora do centro cidade, é grande frequentadora das atividades, principalmente do bingo. “O bingo fez muito bem para minha cabeça, graças a Deus. Antes não conseguia me concentrar e seguir números e letras, agora já consigo. O bingo me ajudou muito”, conta.

“Hoje consigo ler com mais facilidade e mais rápido. Além de ter que ir andando para as atividades, aproveito já dou uma ‘caminhadinha’ e me exercito um pouco”, diz Olindina, explicando que a iniciativa, além de melhorar o cognitivo, também melhorou com as caminhadas que ela faz com frequência.

Geralda do Couto Rocha, 75, pensionista, também moradora do centro de Bom Sucesso, frequenta as caminhadas matinais. Ela diz que a grande mudança foi na rotina, porque com as caminhadas se sente mais ativa e consegue desempenhar as atividades de casa com mais facilidade. “Lavar roupa antes era muito cansativo, agora sinto que faço mais rápido e depois não tenho tantas dores igual tinha.”

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.124 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Um amante das letras com a cabeça a mil.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

Cazuza Mark Twain Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.