Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #466 - 16/10/2017

Jovens buscam oportunidade no YouTube

A plataforma, que existe há 12 anos, tem hoje 1 bilhão de usuários

Luiz Gustavo Santoro
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Promissores do Youtube antes da gravação (Imagem/ Matheus Henrique de Campos Alves)

Promissores do Youtube antes da gravação
(Imagem/ Matheus Henrique de Campos Alves)

O YouTube vem crescendo muito ao longo dos seus 12 anos de existência, o crescimento fica mais evidente nos os últimos cinco anos. Jovens começam a atrair uma grande massa de seguidores, que queremos assistir a conteúdos totalmente autorais e originais, sendo muitas vezes relacionados à vida pessoal de quem deter o canal no YouTube. A plataforma de distribuição digital de vídeos, um serviço com gerenciamento de transferência de fundos.

De acordo com estatísticas divulgadas pela própria empresa, o YouTube conta hoje com mais de 1 bilhão de usuários, divididos entre consumidores de conteúdo e criadores.

Um desses usuários é, Renan Hideki, jovem maringaense de 21 anos, dono do canal Reflaw, ele acredita que o “crescimento da plataforma está acontecendo por causa da quantidade de criadores que estão entrando mercado”. 

O meu sonho é poder levar a minha música autoral até as pessoas.” 

Questionado sobre os motivos pelos quais ele decidiu aderir à plataforma. Hideki declara sem constrangimentos: “Eu criei um canal porque gosto de atenção”. Contudo, ele salienta que tenta levar a luta LGBT como pano de fundo do canal. “Com mais dois mil inscritos, recebo mensagens de pessoas agradecidas por eu ter ajudado em algo”, diz, referindo-se ao conteúdo do canal.

Hideki não é o único em busca da fama no YouTube, Beatriz Oliveira de 20 anos, oferece conteúdo musical diferenciado, com voz e estilo próprio “Minhas inspirações começaram assistindo covers no Youtube. O meu sonho é poder levar a minha música autoral até as pessoas.”

O Youtube acaba fornecendo alguma ajuda para quem utiliza a plataforma como trabalho para suprir as necessidades dessa plataforma “Tem várias páginas ensinando como publicar e nos fornecendo ajuda de várias maneiras” diz Beatriz Oliveira

A história da estudante do canal entretanto, nem sempre foi relacionado a música, Beatriz que faz o curso de Comunicação e Multimeios na UEM (Universidade Estadual de Maringá), tinha inicialmente outro objetivo. “Eu queria ,no início, produzir qualquer tipo de conteúdo audiovisual e aprender a editar.”

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.124 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Prefiro que me critiquem por aquilo que sou de verdade.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

Cazuza Mark Twain Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.