Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #463 - 25/09/2017

A “cura gay” e a “epidemia homossexual”

"Desintoxicação homossexual" usa "remédios" facilmente encontrados por aí

Aclizio Valério
Estudante de Jornalismo

Comentários
 

- Boa tarde, Centro de Reclamações da Secretaria da Saúde . Em que posso ajudar?

- Olá. Então, passei por um consulta para deixar de ser gay. Mas, moça, não tem como eu deixar de ser gay. São 30 anos como gay, meu guarda-roupa está todo viado. O que eu faço?

- Senhor, não posso estar fazendo nada. O senhor é gay e tem que se curar, antes que contamine outras pessoas e isso vire uma epidemia.

- Mas, pelo amor de Deus …

- Me desculpe, senhor. O senhor ainda é gay, não pode tocar no nome de Deus. Se não a bancada religiosa pega no nosso pé. Tudo bem para o senhor ?

- Bem, bem não está, mas okay. Voltando ao assunto, me deram uma receita dizendo que tenho que tomar algumas coisas. Tipo, tomar doses de hipocrisia três vezes na semana, preconceito duas vezes e não respeitar o próximo diariamente. Onde eu encontro tudo isso ?

- Senhor, para estar conseguindo tudo isso é simples. A hipocrisia o senhor consegue no Congresso nacional sem muitos problemas. O preconceito é super fácil de achar, está na sociedade, aos montes, e a falta de respeito, este o senhor encontra em qualquer esquina, até sem receita.

O que são escolas e hospitais comparados à vida privada

- Ah, sim. E você sabe me informar a verdadeira relevância desse tratamento patrocinado por psicólogos que, por sua vez, têm assento em assessoria de político?

- Então, senhor, não sei estar informando. Mas não podemos deixar de falar que é um projeto político com muita relevância. Com toda a certeza, está junto com os relacionados à educação e reformas de hospitais. Mas fará mais melhorias à sociedade, não concorda?

- É, o que são escolas e hospitais comparados à vida privada, a vida afetiva das pessoas. Essa cura vai ser uma glória… aí, moça, posso falar glória ?

- Glória está podendo, senhor. Vai até ajudar na sua desintoxicação homossexual.

- Uma última pergunta. Quem vai pagar esse tratamento?

- Estará sendo paga pelo SUS, senhor .

- Há, há, há, há, há, pelo amor de Deus… Desculpa. Por que não me falou antes que ia ser pelo SUS? Já entendi tudinho. Obrigada moça…

- Senhor, alô, senhor…

Tu-tu-tu-tu-tu…

(Imagem/Antônio Cruz/Agência Brasil)

(Imagem/Antônio Cruz/Agência Brasil)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.050 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Um amante das letras com a cabeça a mil.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

setembro 2017
S T Q Q S S D
« dez   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

galeria de fotos

Cazuza George Carlin Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.