Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #465 | 09/10/2017 - Ano XVIII
 
Literatura | Edição #460 - 06/12/2016

Obrigado, JMP, por me fazer amar melhor

Participar da equipe do jornal laboratório me preparou para o mundo e me lembrou do quanto eu amo escrever

Christian Presa
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Imagem/NYL Maringá

Imagem/NYL Maringá

Entender que a vida é feita de ciclos e que alguns deles chegam ao fim é importante, mas inevitavelmente triste. O quão difícil é se despedir de algo que não se quer deixar?

Uma retrospectiva rápida e inevitável me conduz ao primeiro texto entregue à professora Rosane. A produção era um opinativo intitulado “Crítica a Dilma na ‘IstoÉ’ é machismo”, que criticava a abordagem da revista em relação às particularidades do governo da então presidente. Nele pude introduzir uma discussão sobre a forma como as mulheres são interpretadas na sociedade. E nunca vou me esquecer da resposta da professora: “como leitora e mulher, me senti defendida por você”. Singular.

Em um ano de clara evolução rumo à vida profissional, pude me deparar com inúmeros desafios sendo parte da equipe do Jornal Matéria Prima. Como o Projeto Integrador, que demandou muita energia e quebrou tantos preconceitos. De reportagens de bairro que colocaram em xeque todas as inseguranças de um jornalista em construção a artigos de opinião e crônicas, gêneros relativamente familiares e estimados, mas que causaram receio. A “zona de conforto” também pode intimidar pelo simples fato de ser.

E foi aqui, produzindo para este jornal laboratório, que me reconectei comigo mesmo. O Jornal Matéria Prima reascendeu em mim o amor pela escrita, que por tantos motivos tinha ficado tão escondido nas profundezas do meu ser. Aqui eu pude melhorar a forma como desenvolvo uma das minhas maiores paixões.

O sentimento de saudade é notável e já se faz presente. No entanto, agradecer é tão ou mais importante. Obrigado, então, à professora Rosane por todos os honestos e sábios conselhos sobre a valorosa arte de comunicar. Obrigado, JMP, por ter sido a minha oportunidade de refinar uma técnica que será muito importante para mim, profissionalmente falando. Mas principalmente: obrigado por ter me lembrado do quanto eu amo escrever.

O amor é espontâneo, mas também é construção e cuidado. E o JMP me ensinou a amar melhor.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

28.244 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Contraditório, genioso e genuíno.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

dezembro 2016
S T Q Q S S D
« nov   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

galeria de fotos

Mark Twain Mario Quintana George Carlin

enquete

Provocar o sorriso em pacientes hospitalizados pode ajudar no tratamento?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2016 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.