Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Política | Edição #458 - 14/11/2016

Cobertura não jornalística dos invasores

A crise dos refugiados é um assunto que está sempre na mídia, tendendo para um lado que prolifera intolerância

Letícia Tristão
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Conflitos sociais, políticos e econômicos ditam regras e contrapõem nações que divergem opiniões das mais diferentes esferas. Entre assuntos que são pertinentes dentro dessas discussões, um em específico chama a atenção mundial e preocupa de forma incisiva: os refugiados. A cada dia, centenas de pessoas deixam as próprias casas, seus bairros, amigos e, por vezes, família para se ausentarem do país que, até então, viviam. Não por escolha própria, e sim por obrigatoriedade, vítimas da truculência dignas de repulsa.

Passadas as dificuldades com o processo migratório, em que se submetem a atravessar oceanos nas condições mais precárias – arremetendo o pensamento ao período colonial, onde negros eram transportados por meses dentro de navios -, o problema maior ainda está por vir: o social. Ao desembarcarem nos países escolhidos como nova casa, uma série de fatores é posta em cheque em relação à receptividade dos refugiados, incluindo a xenofobia.

Eles estão na mídia sempre como invasores e destruidores de uma cultura já estabelecida

No ano passado, o caso do menino sír

io Alan Kurdi, encontrado morto em uma praia turca após o bote que levava a família virar no trajeto da Turquia a Grécia, gerou comoção internacional e mobilizou o Canadá a conceder asilo domiciliar para o pai, único sobrevivente. A espera por um acontecimento trágico para motivar os países a serem receptivos não soa empático, e a necessidade da mídia de tornar esses acontecimentos ponto de partida para a divulgação de notícias que geram comoção pública não soa jornalístico.

É perceptível que veículos não se preocupam em mostrar os refugiados como pessoas que precisam de um novo local para viver. Eles estão na mídia sempre como invasores e destruidores de uma cultura já estabelecida, o que não faz, sequer, sentido. É claro que a imparcialidade deve reinar entre os meios, porém, se acontecer o fato de serem parciais, que sejam por um motivo mais humano. Pessoas de outros países não deveriam assustar quando vistas andando livremente pelas ruas. Eis a palavra-chave: intolerância.

A cobertura jornalística dessa crise tende tanto para um lado, que acaba ocasionando a intolerância da população com o grupo minoritário, mesmo que inconscientemente. Quem se refugia não faz isso por querer, mas por necessitar. Em sã consciência, nenhuma pessoa está apta a enfrentar travessias exaustivas entre os países e o pior: o vislumbre de uma diplomacia expulsiva. Se todos realizam o próprio papel, mesmo que indiretamente, sociedades são efetivadas como possíveis pivôs do término de conflitos e da readequação da moral de indivíduos que, de todas as lutas, batalham pela vida.

Imagem/ Tânia Rego/ Agência Brasil Refugiados precisam apenas de um lugar digno para viver

Imagem/ Tânia Rego/ Agência Brasil
Refugiados precisam apenas de um lugar digno para viver

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.244 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Amante de romances literários, ela sente a textura do dia e observa mais do que diz

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2016
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

galeria de fotos

Mario Quintana George Carlin Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.