Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cultura | Edição #453 - 10/10/2016

Sair do senso comum têm preço e é bom

Mudar-se para o exterior oferece imensa bagagem cultural e é uma das melhores oportunidades de aprendizado

Juliana Nicolini
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Medo e ansiedade. Os únicos sentimentos que prevaleciam naquele momento apreensivo. Na ocasião todos estavam reunidos à mesa conversando sobre o futuro como se estivesse ali, a dois passos de ser alcançado. Foi quando o pai da família, com brilho nos olhos, anunciou a mudança para um novo país. Isso significava não apenas partir, mas também simplesmente chegar à um local onde não se conhece ninguém, mergulhar de cabeça em uma cultura desconhecida e, principalmente, começar a vida novamente.

London Eye é um dos lugares  mais visitados da Inglaterra (Arquivo Pessoal/Juliana Nicolini)

London Eye é um dos lugares mais visitados da Inglaterra (Arquivo Pessoal/Juliana Nicolini)

O tempo passa e cada vez está mais perto da data marcada para o grande dia. Malas e mais malas com todos os pertences estão devidamente embaladas. Toda a aparência da casa mudou. A rotina,  que antes era tranquila, tornou-se uma grande correria. Apesar de alterações, os sentimentos de medo e ansiedade predominavam mas agora misturavam-se também com a alegria de ter uma grande oportunidade, com a curiosidade para explorar o novo.

Terra da rainha, do chá da tarde, cabines telefônicas vermelhas, ônibus de dois andares, guardas reais nas ruas. Tudo como esperado. Só não era esperada a paixão que seria despertada por aquele lugar e pelas pessoas que lá conheceria.  Multiculturalismo. Sem dúvida,  essa palavra define a Inglaterra. Cada pessoa conhecida era de uma diferentenacionalidade, tinha vivências diferentes e, por conta disso, carregava uma bagagem cultural totalmente diferenciada. E assim veio o aprendizado de conviver com as diferenças.

Apesar do frio, as pessoas saem para se divertir na neve (Arquivo pessoa/Juliana Nicolini)

Apesar do frio, as pessoas saem para se divertir na neve (Arquivo pessoa/Juliana Nicolini)

Os países são como os Estados brasileiros, muito próximos uns dos outros. Com isso, a facilidade de viajar é uma grande oportunidade para os aventureiros que gostam de buscar novidades. Foram 20 países ao todo, duas dezenas de hábitos, costumes e crenças diferentes. Centenas de lugares pitorescos cheios de história para contar. O mais engraçado sobre isso é que quem viaja, conhece “outro mundo” não volta apenas sabendo mais sobre determinada região e cultura. Nem perto disso.

Foram 20 países ao todo, duas dezenas de hábitos, costumes e crenças diferentes

Morar no exterior muda toda a percepção de vida, leva à uma autocompreesão de quem você é e quais os limites que consegue enfrentar nas dificuldades – até porque morar fora também é um desafio – pode também perceber quem realmente é importante na sua vida, aprender a respeitar diferenças e valorizar mais nosso país  de origem.

Por estas e diversas outras razões, há a certeza de que morar fora tem, sem sombra de dúvida, um alto preço. O real preço de sair do senso-comum, aprender com a experência e poder tornar-se uma pessoa com visão de mundo.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Devagar, devagar se vai longe

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

George Carlin Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.