Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #453 - 10/10/2016

O alto preço de voar para longe do ninho

A ânsia por se desprender dos laços familiares hoje machuca e a saudade dói mais do que ela imaginava

Priscilla Garcia
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Às vezes é preciso se despedir do ninho e voar (Imagem: Pixabay/ Dominio Público)

Às vezes é preciso se despedir do ninho e voar
(Imagem: Pixabay/ Domínio Público)

Ela fechou os olhos e se sentiu como um pássaro.

O vento batia em seu rosto em um fim de tarde. Ela sentiu a leveza do corpo e o sabor da liberdade de voar por espaços que vão ao encontro dos seus sonhos.

De repente um medo a invadiu, a chuva molhava e se misturava às lágrimas que teimavam em rolar, mas, enfim, ela voou, sonhando e lutando contra a saudade que insiste machucá-la, ela sabe, que em seu ninho eles sempre vão estar lutando e torcendo para que esse pássaro alcance os mais belos e altos céus.

Nos primeiros dias ela se sentiu livre, encheu-se de expectativas sobre seu novo ninho. Mas logo percebeu que esse ninho talvez nunca se transforme num lar. Sentiu o peso do mundo nas costas e suas responsabilidades se multiplicaram. Hoje ela faz contas e mais contas para descobrir, onde está o dinheiro que estava ali.

Aprendeu a se virar, cresceu um ano ou mais em um mês. Chorou de saudade antes de dormir, sentiu- se vazia, incompleta. Mas, aprendeu a acordar no dia seguinte disposta a caminhar e a seguir os caminhos que ela escolheu trilhar. Ela já sentiu vontade de desistir de tudo e voltar para aquele antigo ninho. Mas, parou, respirou, e enfim lembrou-se que é aqui, agora é o seu novo lar, que os seus pais estão felizes, por ela estudar e poder ter o que eles não conseguiram. Ela engoliu o choro e prometeu para si mesma: vou conseguir.

É! Ela ainda vai cair várias vezes, vai se machucar, vai chorar, vai sofrer, vai pedir férias e feriados incansavelmente, vai sonhar com o seu antigo ninho e com o cheiro do café da sua mãe. Vai se perguntar inúmeras vezes se é realmente assim que deveria ser. Vai perceber que macarrão instantâneo é o salva-vidas nos momentos de correria e que café é um companheiro indispensável. Vai lembrar-se da vida que levava e perceber que a casa não se arruma sozinha, porém a bagunça parece sempre estar no modo automático.

Vai perceber que a vida ensina mais do que o curso que escolheu

Vai perceber que a vida ensina mais do que o curso que escolheu. Vai entender o significado de economia e a importância disso. Vai descobrir que nem só o começo que é difícil. Vai aprender que a saudade é um impulso, que estar na média significa mais tempo de férias e, com isso, mais tempo no seu lar. Vai ver que o tempo passa voando, mas que as dificuldades continuam sempre plantadas no chão. Vai, então, superar-se e suportar as faltas e ausências para manter-se viva.

Por fim, ela vai aprender que trocaria todas as coisas do mundo pelo aconchego e abraço dos seus pais.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.126 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Feliz por natureza! Grata a DEUS por tudo que conquistei e ainda vou conquistar! Sonhadora e futura jornalista.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

Mario Quintana Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.