Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cultura | Edição #454 - 17/10/2016

“Eu queria ser mais do que uma menina bonita na TV, buscando um sonho”

Simone Bayer começou a carreira na televisão por meio do SBT; passou pela Record e hoje é apresentadora da TV Gazeta

Heloisa Fernanda
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Simone Bayer é apresentadora da TV Gazeta e ama o que faz

Simone Bayer é apresentadora da TV Gazeta e ama o que faz
(Imagem/Arquivo Pessoal Simone Bayer)

Simone Bayer, 37 anos, é apresentadora da TV Gazeta e desde pequena sempre teve interesse pelo meio artístico, começando pela dança. Ela é apaixonada pelo que faz e até já fez trabalhos como atriz além de campanhas de algumas marcas. Ela trabalhou durante oito anos no SBT, nos programas de Celso Portiolli, Cristina Rocha e Silvio Santos. No período em que trabalhou no programa do Silvio, chamado Programa Fantasia, começou a cursar a faculdade de jornalismo, pois a atividade despertou nela essa vontade. Também já trabalhou na Record e na TV Fama.

Numa conversa por telefone, Simone contou ao Jornal Matéria Prima sobre sua vida artística, os obstáculos que enfrentou para chegar aonde está e também a parceria com o Silvio Santos, que foi crucial na vida dela.

Você se formou em jornalismo e já trabalhou em diversas emissoras. Quando surgiu o interesse pela área de comunicação?
Comecei dançando, fazendo balé e jazz. Fui para São Paulo, para ser bailarina, fiz alguns testes lá. Eu sempre gostei desse meio da TV, de dançar, de balé. Fui miss no colégio e fiz campanha para [as marcas de confecção] Titus e Eudora em Apucarana [a 63 km de Maringá]. Enfim, acho que nasci com isso. Mas me passou pela cabeça que só trabalhar com a imagem não me traria futuro. Fiz a faculdade de jornalismo, enquanto trabalhava como assistente do Silvio Santos, porque tinha por ele uma admiração gigantesca e ele me despertou a vontade de fazer jornalismo. O jornalismo entrou como um ponto de partida na minha vida, mas hoje eu não tenho vontade de ser jornalista. Estou mais ligada à parte artística.

Você começou na televisão por meio do SBT. Como foi a primeira vez que você apareceu na TV?
Foi no Programa Tempo de Alegria, do Celso Portiolli. Eu fui lá para fazer o teste e tive de substituir uma bailarina que faltou. Me ensaiaram e eu entrei. Fiquei muito nervosa, porque era muito novo aquele cenário. Era mágico, parecia que eu estava sonhando. Eu guardo esse momento até hoje. Foi mágico, meu coração acelerou. Falei “nossa, eu tô na TV”. Eu estava lá no cantinho, quase uma figurante. Comecei a ver que eu queria mais, não queria ser só um corpo bonito na TV. Eu queria ser mais do que uma menina bonita que estava na TV buscando um sonho.

Para entrar em alguma emissora grande é muito difícil. Você demorou muito tempo para conseguir entrar no SBT? Teve muitos obstáculos?
Olha…não foi fácil. Tem que batalhar muito. Eu fiz muitos testes. No começo teve um investimento inicial, que meu pai teve que me ajudar senão não teria como eu me manter aqui em São Paulo. Eu estava na casa de uma prima da minha mãe em Guarulhos, não conhecia São Paulo e me perdi para chegar ao SBT. No começo foi bem difícil mesmo. O produtor falou que o SBT ia fazer um programa só de meninas. Eu fiz a inscrição e peguei uma fila de 50 mil meninas, depois preenchi o cadastro e depois fiz teste durante um mês. Precisei de muita dedicação e foco. Era algo que eu queria muito e corri muito atrás, ao ponto de morar em pensionato, de ficar sozinha e passar dificuldade financeira. Sempre tive meu pai e minha mãe como base, mas foi bem difícil. Sempre digo que quando a gente quer alguma coisa, se a gente foca e vai atrás, dá certo.

Quando a gente quer alguma coisa, se a gente foca e vai atrás, dá certo

Você já trabalhou com o Tom Cavalcante e o Silvio Santos. Como foi essa parceria?
Eu tenho uma admiração gigantesca pelo Silvio Santos. Tudo o que sei aprendi com ele, principalmente a simplicidade e a humildade em lidar com os funcionários, desde uma faxineira até um super star, que ele trata igualmente. Ele é uma pessoa fantástica. A televisão já diz tudo, por todo esse tempo que ele já está ali na mídia. É uma pessoa extremamente focada. Ele é incrível, inteligente e simples, que é o que fez ele ser o que é hoje. Nesse meio se você não tiver um pouco de humildade e simplicidade e a fama subir à cabeça pode durar, mas vai durar pouco. Já o Tom Cavalcante é outro perfil, é comediante. É um cara muito simpático e inteligente. Mas é humorista mesmo. Acho que apresentador não é o foco dele não. Mas foi muito bacana, foram duas experiências incríveis.

Além de apresentadora, você também é atriz. Se aparecesse uma oportunidade de atuar em uma novela, você encararia ou prefere ser apresentadora?
Quanto a atriz eu fiz o curso no Studio Beto Silveira e na Escola de Atores Wolf Maya [escolas de formação profissional de atores]. Tirei o DRT, mas trabalhei pouco como atriz. Fazia muitos comerciais e fotos para catálogos. Atuar é bacana. Se me chamassem para fazer uma novela eu faria sim, mas depende do trabalho. Se for para escolher entre apresentadora e atriz, eu ficaria com apresentadora. Sou apaixonada pelo que faço.

Na sua opinião, o que uma apresentadora precisa ter e que dicas você daria para quem quer seguir a área da comunicação?
Exige improviso e espontaneidade. Temos de lidar com improviso a todo momento e ter raciocínio rápido. Tem de ter vontade, acima de tudo. Se a pessoa não tem o dom, mas trabalha muito bem e desenvolve bem aquilo que ela quer, vai conseguir. Nada vem fácil, tem que estudar, se dedicar, fazer cursos e ter força de vontade. Eu fiz faculdade de jornalismo, depois fiz vários cursos: de talk show, especialização e noticiário de TV, teatro. Ninguém vai bater na sua porta e te oferecer. Tem que se preparar e se sentir seguro.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

Cazuza Chico Buarque George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.