Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #470 | 10/11/2017 - Ano XVIII
 
Saúde | Edição #455 - 24/10/2016

Estilo de vida saudável e a prevenção de doenças

Práticas de atividades físicas acompanhadas de boa alimentação resultam em benefícios à saúde por toda vida

Camila Lucio
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Os hábitos saudáveis são uma das metas da maioria dos brasileiros, mas que nem sempre são colocados em prática. Segundo dados do Portal da Saúde do Brasil, a obesidade atinge 12,5% entre os homens e 16,9% entre as mulheres e o excesso de peso é observado na metade da população. O consumo de alimentos industrializados e a baixa prática de atividades físicas contribui para o aumento da prevalência de excesso de peso e das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), principalmente das doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de neoplasias.

Raquel Cabral pratica esporte para manter vida saudável (Imagem/ Arquivo Pessoal)

Raquel Cabral pratica esporte para manter vida saudável
(Imagem/ Arquivo Pessoal)

Quem precisou fazer uma reeducação alimentar foi o agente de viagem João Ramos, de 53 anos. O sedentarismo e a má alimentação resultaram em um recente diagnóstico de diabetes (doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue). “Passei a não comer muito doce e não ingerir muito carboidrato. Meu diabetes não é muito alterado, por isso ainda posso controlar”, relata Ramos.

A prática de exercício físico é bom, porque ajuda no controle da circulação [sanguínea]

As práticas de atividades físicas acompanhadas de boa alimentação resultam em benefícios para a saúde por toda vida. A estudante Raquel Cabral de Melo, de 19 anos, começou a seguir recomendações de especialistas porque estava acima do peso. Ela pratica exercícios físicos há seis anos, conciliando, na maioria das vezes, com alimentação saudável. “A prática de exercícios físicos é sempre bom, porque facilita o metabolismo e ajuda no controle da circulação [sanguínea]. Quando eu como corretamente e me exercito, me sinto muito melhor, me sinto mais disposta e menos cansada”, explica.
Raquel lesionou o joelho e ficou três meses sem praticar exercício mais intenso e relata que nesse tempo não se sentiu tão mal porque fazia caminhada e com a fisioterapia fazia exercício de fortalecimento. “Mas quando não estou praticando exercício, sinto que fico muito cansada, com muito sono e dores no corpo”, complementa.

O publicitário Rafael Fransão, de 24 anos, fuma e prática atividade física e diz que ser fumante prejudica nas atividades. “Sinto falta de ar, meu batimento fica bem acelerado, parece que vou vomitar meu pulmão”, diz. E complementa que quando fica um tempo sem praticar atividades, sente muita indisposição.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

28.750 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

Mark Twain Cazuza Chico Buarque

enquete

A Feira do Produtor é importante para Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2016 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.