Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Educação | Edição #456 - 31/10/2016

Estágio é decisivo na vida acadêmica

Dois alunos e um ex-alunos do ensino superior contam experiências boas e ruins sobre ser um estagiário

Gian Ribeiro
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Imagem Gian Ribeiro

Alfredo Peres de Souza Filho no seu ambiente de trabalho Crédito da Imagem/Gian Ribeiro

Todo jovem que ingressa numa faculdade busca aprender mais sobre a profissão que escolheu. Assim, com o objetivo de ser um bom profissional, depois de formado, poderá aplicar todo conhecimento obtido por meio de teorias ensinadas em sala de aula e de oportunidades que surgem no decorrer da graduação.

Uma das oportunidades que alguns cursos de graduação oferece é o estágio. Empresas formam parcerias com instituições de ensino a fim de encontrar estagiários que trabalharão regulamentados numa jornada de quatro a seis horas por dia, na mesma área em que o aluno escolheu graduar.  Para entender melhor os benefícios e dificuldades da experiência de ser um estagiário, o Jornal Matéria Prima, conversou com o estudante Alfredo Peres de Souza Filho, 20 anos, que cursa Engenharia de Software no Centro Universitário Cesumar (Unicesumar). Para ele, um dos benefícios do estágio é aprender os macetes da profissão, “Posso aprender muita coisa que não está nos livros.” Uma das dificuldades é a rotina e adaptação da prática, ou seja, “habituar-se a desempenhar a função diariamente”, conta ele.

Eu posso aprender

muita coisa que não

está nos livros

Felipe Adriano da Silva Nóbrega, 23 anos, estudante de Direito também na Unicesumar, relata que “a faculdade não tem sentido se não for aplicada”. Para ele, quem consegue e decide fazer estágios durante a graduação fica mais bem posicionado no mercado de trabalho após a formação. Ele conta que desde o começo da faculdade decidiu atuar paralelamente nos estágios, remunerados ou não. “A experiência nas diversas áreas que meu curso oferece, desde o serviço público convivendo com juízes e promotores, até a iniciativa privada em escritórios empresariais de grande porte, preparam-me infinitamente mais do que as aulas teóricas.”

Pedro Henrique Ferreira, 33 anos, formado há oito no curso de Publicidade e Propaganda da Unicesumar, relata uma dificuldade que o estágio oferece àqueles que não conseguem depender financeiramente do valor pago pelo estágio. “Fiz um estágio de meio ano, mas precisava de dinheiro.”

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.442 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

Chico Buarque Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.