Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #450 - 19/09/2016

Relato de amor entre um pai e uma filha

Eu viverei ao seu lado por toda a eternidade, sempre; estarei lá até as palavras não rimarem e os céus explodirem

Maynara Guapo
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
( Imagem/ Pixabay)

( Imagem/ Pixabay)

Você já ouviu falar em amor incondicional pela música? E na influência musical?  Essa história começa na década de 1960, quando o garoto nasce. Com o decorrer dos anos ele descobre um amor diferente, o amor pela música. Curioso e sempre atento aos lançamentos musicais, foi na década de 1980, com o surgimento de uma banda de hard rock chamada Bon Jovi, que viu a vida mudar por inteiro. Bon Jovi tem melodias românticas e animadas que fazem o jovem se aventurar na adolescência, tornando-se a banda preferida dele.

Já homem, casado e apaixonado pela mulher, tem a primeira e única filha e a ensina, desde muito pequena, o mesmo amor pela música que ele tem. Na década de 1990, anos antes de a filha nascer, a banda lançou uma música chamada Always. Mal ele sabia que a canção uniria laços paternais e demonstraria o sentimento exato entre um pai e uma filha.

Com o decorrer dos anos ele descobre um amor diferente, o amor pela música

Amor incondicional. Sentimento inexplicável. O pai sempre presente em todos os momentos da vida da filha, apaixonava-se cada dia mais por ela. A música resplandecia no lar. A menina então cresceu. Tornou-se uma moça.  Um belo dia o pai mostra Always para ela. Todo animado e contente esperava um bom resultado. Engano dele.  A menina não gostou e disse que era muito triste.

O pai também entristeceu. Ele tinha esperança que um dia a opinião da filha mudasse.  Tentou várias vezes, até que pensou em uma estratégia: chamou  a filha e mostrou não apenas a letra original, e sim a tradução.

Tudo mudou. A partir da tradução a filha viu como a letra era extremamente linda e romântica, e, finalmente, deu razão ao pai.

Os dois passaram a cantá-la juntos, do jeito que achavam que era o correto. A mãe da menina não aguentava mais ouvir a mesma música e perguntava se só tinha aquela para eles ouvirem.  Uma, duas, três, até quatro vezes seguidas eles ouviam e cantavam. Aquela música tornou-se ingrediente fundamental na casa.

O pai, sempre presente, um dia teve de se ausentar. Era em busca a trabalho, mas sempre com o pensamento na filha, e a filha com o pensamento nele.

Um turbilhão de sensações passava pela vida de cada um. O que era alegria, tornou-se tristeza e saudade.   Distantes um do outro, a doce menina canta sozinha toda a melodia, à espera do pai. A influência musical foi transmitida de geração em geração, tornando a banda a preferida dela também.

O amor entre os dois pode ser confirmado com um trecho da música: Eu estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre, eu estarei lá até as  estrelas deixarem de brilhar,  os céus explodirem  e as palavras não rimarem.

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.872 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Eu não escolhi o Jornalismo. O Jornalismo me escolheu.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

setembro 2016
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

galeria de fotos

Chico Buarque Mario Quintana Mark Twain

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.