Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #448 - 05/09/2016

Homem dedicou a vida às artes no Jardim Liberdade

Afinador, músico e colecionador, repertório de um homem que dedicou meio século a prática de acordeons

Guilherme Fortunato
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Toninho Patrão dedicou boa parte da vida a arte do acordeon (Imagem/ Reprodução)

Toninho Patrão dedicou boa parte da vida a arte do acordeon
(Imagem/ Reprodução)

Uma história de dedicação à música. Foi assim que Antônio Patrão,62, morador do Jardim Liberdade, Zona norte de Maringá  levou a vida ao longo dos últimos 50 anos. Conhecido como “Toninho Patrão” interessou-se pela música na infância, quando tinha apenas 8 anos. Depois seguiu carreira tocando com uma banda na cidade e região. Durante 32 anos, Toninho se apresentou com a banda, mas tocar não é o único talento que ele tem. Durante os 50 anos de músico dedica-se também ao conserto de acordeon. Dentro de casa abriu a própria oficina onde conserta e afina instrumentos. Toninho é inventor de um aparelho que afina sanfona, algo raro nos dias de hoje.

Ao longo da vida “Toninho Patrão” ficou conhecido em toda a região pelo talento com a sanfona. Durante 32 anos se apresentou com a banda no Serviço Social do Comércio(Sesc) de Maringá. Foi fundador do Clube do Vovô na Zona 01 região central da cidade, até que há quatro anos resolveu parar de  trabalhar no concerto de acordeom e ficar apenas com a oficina, que afirma ser a grande paixão dele. Toninho diz que já perdeu as contas de quantos instrumentos já consertou na oficina. Apesar de todo talento para consertos o músico afirma que sua fama vem dos tempos em que tocava. “Sou muito conhecido na região, a maioria me conhece tocando. Ainda me apresento em bailes da terceira idade.”

Outro fator que demonstra a paixão de Toninho pelos instrumentos é a coleção de acordeons, são 17 no total, um deles segundo o musico é do ano de 1917, uma verdadeira relíquia que guarda com muito carinho. “É importante que os acordeons sejam afinados pelo menos a cada um ano senão pode enferrujar. O afinador deve ser ajustado conforme o acordeon, caso contrário pode entrar suor causando o enferrujamento”.

Sou muito conhecido na região, a maioria me conhece tocando. Ainda me apresento em bailes

Segundo Emerson Pereira professor da Academia Musical de Mandaguari, o fato de a cultura da região não favorecer a prática de acordeom faz com que o talento de “Toninho Patrão” seja reconhecido em Maringá. “Aqui a música é vista como um mero entretenimento, na Europa é vista como cultura. Por isso qualquer tipo de arte sempre será vista como uma raridade entre as massas”. O professor de música relatou também que se fosse no nordeste o a trabalho de Antônio Patrão seria ainda mais reconhecido.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

34.673 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Nascido em Mandaguari, estudante de Jornalismo, sou apaixonado por esportes e política.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

setembro 2016
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

galeria de fotos

Cazuza Chico Buarque George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.