Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Educação | Edição #448 - 05/09/2016

Escoteiros aprendem a ser mais independentes

Escotismo utiliza-se de métodos educacionais com atividades para formação de jovens e crianças

Murilo Lima
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Jovens e crianças aprendem a ser mais independente

Jovens e crianças aprendem a ser mais independente (Foto: Murilo Lima)

O escotismo tem mais de 100 anos no Brasil e é retratado em vários livros e filmes. Os escoteiros prezam os valores que priorizam a honra, baseando-se na Promessa e na Lei escoteira, realizando práticas de trabalho em equipe e vivenciando ao ar livre. É assim que o Grupo Escoteiros Novo Horizonte realiza esse trabalho em Maringá, há mais de sete anos, com a contribuição de voluntários e pais.

Voluntários como Evelyn Schimiedt Amaral, 38, que participa desde 2009 quando o grupo foi criado. “Meu marido, que já foi escoteiro, foi convidado para ajudar na fundação do grupo. Comecei por fora, ajudando na secretaria e administrando papeis. Fiz a promessa escoteira para ajudar nos acampamentos. Tinham as meninas que precisavam acampar, porém, não tinha mulheres que acompanhassem. Assim, fiz a promessa para acompanhá-las.” Evelyn explica que teve de se afastar do grupo por um tempo, quando ficou grávida do filho, hoje com 6 anos. “Meu filho já participa com os lobinhos [crianças de 6 a 10 anos].”

Aprendi várias coisas, a sobreviver, a acampar, canções e a montar barraca

O Grupo Escoteiros Novo Horizonte é dividido por subgrupos. Luisa Maria de Oliveira Silva, 9, que participa como lobinha. “Participo faz um ano, gosto de brincar aqui porque tem muito espaço e porque no sábado não tem quase ninguém para brincar. Já fiz vários amigos, são bem legais”, salienta Luisa.

Dinâmicas contribuem com o aprendizado (Foto: Murilo Lima)

Outro subgrupo são os “Sênior” e “Guais”, jovens de 15 a 17 anos. Gabriel Campello, 18, diz como conheceu e as atividades e aprendizados que realiza no projeto desde 2010. “Meu pai passava aqui por perto e eu sempre olhava um pessoal de vermelho. Percebi que eram escoteiros. Pensei ‘vamos ver como é’, já que vi na TV e em filmes. Entrei e a aprendi várias coisas, a sobreviver, a acampar, canções, a montar barraca e só foi progredindo. Conheci várias pessoas e amigos, além de viajar para outros lugares para acampamentos.”

Serviço:

Grupo Escoteiro Novo Horizonte se reúne aos sábados, das 14h às 17h, na Avenida São Paulo, 3.591 (Escola Profissionalizante Prof. Laura Rebouças) – Vila Bosque. Mais informações no site genovohorizonte.com.br ou pelo telefone (44) 3034-2646

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.442 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

setembro 2016
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

galeria de fotos

Chico Buarque Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.