Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Saúde | Edição #439 - 23/05/2016

“Sou contra [dieta caseira] quando oferecida a animais saudáveis”

A zootecnista Juliana Catoia, especialista em nutrição para cães e gatos, coordena curso de extensão na área

Nilton dos Santos
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
A zootecnista Juliana Catoia e a cadela Jurema, de 14 anos (Imagem/Arquivo Pessoal Juliana Catoia)

A zootecnista Juliana Catoia e a cadela Jurema, de 14 anos
(Imagem/Arquivo Pessoal Juliana Catoia)

Momentos de muita descontração e expressão de amor aos animais, fizeram parte do encontro da reportagem do Jornal Matéria Prima com a professora Juliana Catoia, 30, que carinhosamente pode ser chamada “nutricionista dos animais”.

Ela tem graduação em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). É especialista em Nutrição Animal, mestre em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP) e trabalha com ração especificamente para cães e gatos.

Juliana Catoia também coordena curso na área veterinária, mora em São Paulo (SP) e  é dona da linda e saudável cadela Jurema, de 14 anos. O trabalho da professora consiste em dar orientações importantes sobre a alimentação de animais domésticos. Essas mesmas informações ela também pretende transmitir durante um curso de extensão que vai ser oferecido à população em geral pelo Centro Universitário de Maringá (Unicesumar). Acompanhe a seguir os principais trechos da entrevista:

Quais são os problemas, hábitos e erros mais comuns na alimentação dos animais domésticos?
O primeiro erro é não conhecer alimentação que está fornecendo ao animal. Outro é o exagero de alimento fornecido por achar que a quantidade recomendada de ração não é suficiente, e isso acarreta obesidade no animal. O terceiro é compartilhar alimentos além da ração. Biscoitinho, lanchinho, um pãozinho.

O primeiro erro é não
conhecer a alimentação que
está fornecendo ao animal

Quais as consequências de curto, médio e longo prazos nos animais quando lhes é oferecida uma dieta caseira?
Não sou contra a dieta caseira, sou contra quando oferecida para animais saudáveis. Na tentativa de balancear uma dieta caseira, não se consegue igualar ao alimento industrializado, mesmo que orientando o dono do animal na quantidade de determinado ingrediente. Ele acaba não observando tais recomendações, acrescentando por conta uma quantidade sempre maior, trazendo o desequilíbrio na dieta. Isso, a longo prazo, pode gerar um problema patológico, cardíaco por acúmulo de gordura, obesidade, disfunção renal. Não seguindo a recomendação de um tipo de carne, por exemplo, fornecendo uma outra, pode acarretar alergia que refletirá na pele como queda de pelo ou uma pelagem opaca. Um animal doente que não consegue comer ração, neste caso, uma dieta caseira por ser mais palatável, seria a solução.

O mercado pet cresceu e hoje há uma enorme oferta de rações e complementos alimentares para todos os gostos e bolsos. O que devemos levar em conta para oferecer o melhor alimento ao animal?
Procurar uma marca na qual se tenha confiabilidade na constância da qualidade dos ingredientes. O lojista tem conhecimento sobre a qualidade e variedade de ingrediente, e com esse critério não só levar em conta a porcentagem, por exemplo, de proteína na composição, mas sim a qualidade dessa proteína.

Por que o cão não pode comer a ração do gato e o gato não pode comer a do cão?
Há uma diferença nutricional dos gatos com relação aos cães. Os gatos necessitam de taurina [taurina foi descoberta em 1826 na bile de bovinos - Bos Taurus. É um aminoácido que contém enxofre, encontrado na maioria dos tecidos animais e que se concentra nos músculos. Ao contrário dos aminoácidos tradicionais, no entanto, a taurina não exerce nenhuma função na síntese proteica] e os cães não necessitam da mesma quantidade que os gatos. Essa é a grande diferença.

 

Uma dieta caseira seria a solução para um animal doente, que não consegue comer ração

Qualquer pessoa que tenha cão ou gato em casa e queira aprender um pouco mais sobre nutrição animal pode fazer esse curso de extensão?
Esse curso de extensão é para qualquer pessoa que tenha um animal de estimação, pois inicio ministrando sobre sistema digestório, explicando sobre os tipos de rações, as consequências de uma boa alimentação e sua importância.

Serviço:
Inscrições e mais informações sobre o curso de extensão na Unicesumar pelo telefone (44) 3026-6360.

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Sandra disse:

Uma vertente sinaliza com o fato estatístico de que um grande número de ocorrências em pets com pedra nos rins e bexiga são proveniente do uso das rações industrializadas, o que não acontecia no tempo da vovó em que as rações praticamente não existiam e os animais não apresentavam o índice tão alto destas anomalias. O problema é que, com a desculpa da falta de tempo, o fator alimentação vem priorizando a comida vapt vupt para humanos e animais, o que nem sempre significa uma nutrição saudável.
http://www.maedecachorro.com.br/2010/07/maioria-dos-casos-de-calculo-renal-e-causada-por-racoes-fiquem-ligados.html
https://exame.abril.com.br/negocios/dino/alimentacao-natural-para-caes-cinco-passos-para-tornar-seu-caozinho-mais-saudavel-e-feliz-dino89085570131/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.243 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

maio 2016
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

George Carlin Mark Twain Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.