Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #470 | 10/11/2017 - Ano XVIII
 
Saúde | Edição #440 - 30/05/2016

Quiropraxia cresce no mercado da saúde

O tratamento é feito a partir da necessidade específica de cada paciente, geralmente sem medicamentos ou cirurgias

Gabriel Pinheiro
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
No Brasil desde 1992, técnica resolve várias disfunções  (Imagem/visualhunt.com)

No Brasil desde 1992, técnica resolve várias disfunções
(Imagem/visualhunt.com)

“Noventa por cento das pessoas vão ter, no decorrer de suas vidas, uma crise de coluna. Uma dor nas costas, uma enxaqueca ou qualquer outro problema relacionado à coluna”. A afirmação é do Walter Barriunuevo Monteiro, especializado em Quiropraxia. A técnica vem sendo utilizada como forma de corrigir as disfunções do organismo observadas nas irregularidades da coluna vertebral, como dores de cabeça, torcicolos, tensões musculares e postura inadequada, entre outros.

Longas jornadas de trabalho em posições inadequadas, principalmente em frente ao computador, doenças crônicas ou falta de suporte médico causam alguns problemas no sistema esquelético do corpo. Como resultante desses diagnósticos, muitas pessoas recorrem aos vários tratamentos disponíveis atualmente, realizados por médicos ortopedistas e fisioterapeutas para curar ou amenizar as dores e incômodos. A Quiropraxia é um deles.

De acordo com Walter Barriunuevo, que é formado em Medicina Tradicional Chinesa pelo Centro Integrado de Estudos e Pesquisas do Homem (Cieph), o interesse pela Quiropraxia tem aumentado. “Quando cheguei a Maringá [em 2006] as pessoas, inclusive médicos, não conheciam [a técnica]. Hoje pessoas são indicadas por outros médicos, veem melhora na qualidade de vida e, por isso, vão conversando umas com as outras sobre [o tratamento].”

Por tratar problemas tão recorrentes, a Quiropraxia pode beneficiar pessoas de qualquer faixa etária, desde bebês até idosos. Porém, Walter Barriunuevo diz que as pessoas que procuram o tratamento com mais frequência estão na faixa etária de 30 a 60 anos.

A Quiropraxia foi criada em 1895, por Daniel David Palmer, nos Estados Unidos. No Brasil, o desenvolvimento da técnica teve início em 1992, com a criação da Associação Brasileira de Quiropraxia (ABQ).  A Universidade Feevale (Porto Alegre) e a Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo) foram as responsáveis pela introdução do curso no meio acadêmico.

[em 2006] As pessoas, inclusive médicos, não conheciam Quiropraxia

De acordo com Rafael Brito da Silva, formado em Fisioterapia pela Unicesumar (Centro Universitário Cesumar) e terapeuta manual na Academia Team Nogueira, “cada vez mais a forma de desenvolver a técnica está se alterando. O básico, na realidade, não é alterado, porém o fazer da técnica varia de profissional para profissional. O médico [a partir do estudo] pode desenvolver a técnica porque, dependendo da patologia de algum paciente, tem que desenvolvê-la para que seja benéfica para ele [o paciente]”.

O terapeuta diz que há casos nos quais o tratamento de Quiropraxia não é recomendado, principalmente envolvendo gravidez e fraturas recentes.

** Com colaboração de Randy Fusieger

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

28.750 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Cinéfilo, procrastinador, viciado em refrigerante e gosta é do estrago.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

maio 2016
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

Cazuza Mario Quintana Chico Buarque

enquete

A Feira do Produtor é importante para Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2016 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.