Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #438 - 16/05/2016

A mídia e as formas de induzir o público

Existem vários métodos usados na influência midiática, onde cada um é bem analisado e operado conforme seu público alvo.

Amanda Domingues
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
A mídia influencia realmente com a vida de muitas pessoas (Imagem/Arruda)

A mídia influencia realmente com a vida de muitas pessoas
(Imagem/Arruda)

A mídia usa formas diretas e indiretas para induzir o público – principalmente as grandes redes de televisão, jornais e revistas. É necessário prestar atenção nas distrações que a mídia oferece, pois é assim que desvia a atenção do público com informações insignificantes, segundo Noam Chomsky, evitando que se preocupe com os temas realmente importantes.

A mídia usa a estratégia de reforçar as informações. Essa estratégia inibe as ações dos indivíduos fazendo-os entrar num estado depressivo.

Em artigo para o site Congresso em Foco, o colunista Luiz Flávio Gomes cita Chomsky ao lembrar que “os grandes meios de comunicação têm, naturalmente, preferências – partidárias, eleitorais, ideológicas e, sobretudo, pecuniárias. Já sabemos que nas democracias contemporâneas o dinheiro gera poder e o poder gera dinheiro. A mídia, na medida em que filtra e manipula conteúdos, apresenta-se como uma das pontes privilegiadas de ligação dessa política”.

O linguista e sociólogo Noam Chomsky, professor do Massachusetts Institute of Technology (em Boston) e tido pelo New York Times como “o maior intelectual vivo”, catalogou técnicas de mistificação e manipulação promovidas pela grande mídia. No artigo que escreveu para o Congresso em Foco, Gomes destaca algumas. Segundo ele, Chomsky diz que os meios de comunicação sabem mais de você que você mesmo. Conhecem suas preferências, fazem sondagens e pesquisas, diagramam suas inclinações políticas e ideológicas e, mais que isso, sabem como ninguém explorar suas emoções, sobretudo as mais primitivas. Não se estimula quase nunca a reflexão. O sistema manipula e exerce um grande poder sobre o público, muito maior que aquele que o cidadão exerce sobre ele mesmo. Usa-se também o princípio do “problema-solução do problema”. No qual, a partir de dados incompletos, incorretos ou manipulados, inventa-se um grande problema para causar certa reação no público, com o propósito de que seja ele, o público, o mandante das medidas que se quer adotar.

A mídia usa várias formas para induzir o público, principalmente as grandes redes de televisão

Um exemplo: deixa-se a população totalmente ansiosa com a notícia da existência de uma epidemia mortal, criando um grande alarme com o objetivo de vender remédios que de outra forma seriam inutilizados.

Para não cair em todas as estratégias da mídia, deve-se ler, ouvir, assistir canais e emissoras diferentes, ficar atento e não deixando os nossos princípios básicos de lado. Tomar cuidado para não se deixar domar pela mídia como animal.

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.050 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

maio 2016
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

Mark Twain Chico Buarque George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.