Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #435 - 25/04/2016

O poder da estética visual nos sites

É necessário cuidado para que um informativo não perca o foco, tornando-se uma página colorida de classificados

Amanda Gomes
Estudante de Jornalismo

Comentários
 
Mau exemplo: overdose de cores e de anúncios publicitários (Imagem/Reprodução)

Mau exemplo: overdose de cores e de anúncios publicitários
(Imagem/Reprodução)

A necessidade do cuidado com o visual estético se faz presente em todas as áreas das relações humanas. É como numa entrevista de emprego, na venda de um produto ou na divulgação de uma marca. E por que alguns profissionais da comunicação ainda não se deram conta disso? Difícil responder.

É verdade que a estética não é tudo e que também não é o suficiente. Sabe-se que alguns minutos depois da famigerada “primeira impressão” é preciso que se ofereça mais. Mas, de toda forma, um visual bacana sugere credibilidade. E é assim também com os informativos online.

As cores não conversam entre si e é como se a publicidade fosse manchete do dia

Muitas vezes o conteúdo é bom, mas a estética visual prejudica, cansa e manda embora o leitor. O design deve ser primoroso. Não se pode deixar que os portais se transformem em páginas de classificados, com gifs animados e cores que destoam entre si. Nesses casos, não existe diálogo, nem as cores se conversam, nem as informações se correlacionam. E o pior de tudo, não existe troca entre o editor e o leitor. Isso porque o leitor simplesmente não se sente confortável e se evade.

Estética visual confortável, sem abrir mão da publicidade (Imagem/Reprodução)

Estética visual confortável, sem abrir mão da publicidade
(Imagem/Reprodução)

Não é preciso ir muito longe para encontrar exemplos. É o caso do Jornal Repórter do Vale, que cobre notícias do Vale do Ivaí. É indispensável paciência para encontrar a primeira informação, já que no mínimo cinco anúncios de eventos e empresas variadas são colocados como destaque do site. É como se a publicidade fosse a manchete do dia. Todos os dias. Além disso, as cores não se associam e não existe divisão dos assuntos, quer dizer, uma divisão de editorias.

É importante ressaltar que a publicidade é fundamental para qualquer portal, mas é necessário que não sobressaia à informação.

Um bom exemplo é o portal Tribuna do Norte Online de Apucarana, onde cada assunto tem lugar fixo, a publicidade tem destino certo e as cores se conversam, ou seja, tudo se conecta.

Se a “Comunicação é a arte de ser entendido” (Peter Ustínov), então que os comunicadores se dediquem para tal.  Que essa seja a missão principal do comunicador fazer-se entender. Tanto com a produção de bons conteúdos, quanto no cuidado estético dos canais responsáveis pela disseminação da informação.

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Nayara Sakamoto disse:

Interessantissímo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

35.208 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

abril 2016
S T Q Q S S D
« nov   mai »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

galeria de fotos

Cazuza George Carlin Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.