Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #435 - 25/04/2016

Crítica a Dilma na “IstoÉ” é machismo

A reportagem “Uma presidente fora de si” revoltou internautas e fomentou a discussão sobre a igualdade de gênero

Christian Presa
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
“IstoÉ” de abril critica estado emocional de Dilma Rousseff

“IstoÉ” de abril critica estado emocional de Dilma Rousseff (Imagem/Reprodução)

A imparcialidade indireta do jornalismo brasileiro não é uma novidade. É facilmente observável quem defende o quê. Mas, em tempos de crise, a falta de ética desconhece limites.

A capa de uma das edições da revista “IstoÉ” de abril traz uma reportagem explanando sobre o descontrole emocional da presidente Dilma Rousseff. O texto assinado por Débora Bergamasco e Sérgio Pardellas é repleto de supostos casos em que a presidente teve crises nervosas e maltratou funcionários, desde ministros a pilotos do avião presidencial. Dilma também foi comparada à rainha Maria I, que governou Portugal no século 18 e foi apelidada de “Maria, a louca”. A diferença é que a rainha portuguesa de fato tinha um distúrbio mental. Dilma, até onde se sabe, não.

A reação foi imediata. Os internautas bombardearam a publicação com a hashtag #IstoÉMachismo e levantaram a seguinte questão: teria a “IstoÉ” publicado a mesma reportagem se fosse um homem na presidência da República?

O texto é pobre, faz ligações fracas e discorre misoginia. Os problemas enfrentados pelo governo Dilma são evidentes e há inúmeras críticas a serem feitas, mas a reportagem da “IstoÉ” passa longe disso. Pelo contrário: centra-se em denegrir a imagem da presidente com ponderações falhas e injustas, que estereotipam a mulher como descontrolada e incapaz de governar e reafirmam o machismo intrínseco na mídia brasileira. Isso porque os ex-presidentes deviam ser símbolos de amabilidade, principalmente em momentos de tensão.

Teria a “IstoÉ” publicado a mesma reportagem se fosse um homem na presidência?

Na Argentina, em 2013, Cristina Kirchnner também foi alvo do machismo midiático. No auge da impopularidade, a então presidente foi capa da “Noticias de la Semana” e a abordagem foi a mesma: exposta por fontes anônimas, vida privada sobrepôs vida pública.

Ao publicar um material tão vil, a “IstoÉ” não só foi jornalisticamente tendenciosa, mas reproduziu uma visão da mulher digna de repúdio. Um veículo pode se posicionar? Sim, há espaço para isso. Mas a crítica em toda e qualquer instância deve ser apropriada, justa e munida de argumentação. Ou então a “IstoÉ” deveria ter usado o discurso habitual da oposição. Seria menos constrangedor.

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Regina disse:

Excelente texto!
A visão da misoginia tão arrigada em nosso país é perfeita!
É muito estranho ver a pessoa da presidente sendo execrada, até mesmo por outras mulheres, por sua figura física não estar dentro dos padrões de beleza exigido pelos padrões da moda ou da mídia. Criticá-la pela competência ou incompetência seria o natural para quem concorde ou discorde de seu governo.
Homem NENHUM que esteve na presidência, foi tão exposto por sua sexualidade ou aparência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.050 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Contraditório, genioso e genuíno.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2016
S T Q Q S S D
« nov   mai »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

galeria de fotos

Mario Quintana Cazuza Mark Twain

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.