Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #432 - 23/11/2015

Em 2015 tentei enxergar as entrelinhas do JMP

Não consegui. O destino quis que cada esforço valesse a pena. Encerra-se mais um ciclo; ou melhor, um desafio que nunca termina

Daiana Verdério
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
Estou feliz, pois adquiri inúmeros conhecimentos com o JMP (Foto: Bruna Gabriel)

Estou feliz, pois adquiri inúmeros conhecimentos com o JMP (Foto: Bruna Gabriel)

Olá, Olá!

Sejam todos bem-vindos a 432ª edição do Jornal Matéria Prima. É como dizem os amigos Racionais: “Aqui estou mais um dia, sob o olhar sanguinário de um vigia”. Nesse caso, mais um dia de texto, mais uma produção, mais uma luta, mais uma correção, mais uma conquista. Tentei fugir, esquecer, mas nunca consegui, pois, cada gênero entregue e corrigido, era motivo para empolgação nos seguintes. É sério!

Quando fiquei sabendo sobre as experiências nas ruas da cidade, como: ir atrás de fonte e procurar boas histórias, levei um susto. Até pensei em largar o serviço para dar conta. Mas vamos lá, que comece o desafio. No decorrer das semanas fui me surpreendendo. Primeiro porque, na sala de aula com 29 alunos, o meu nome foi o último a ser sorteado. Resultado: Bairro. Comecei muito bem. Nada de preconceito contra esse gênero. Foi muito legal e divertido. Conheci a Dona Delícia, história fantástica.

Produzir para o JMP não foi fácil, porém foi muito divertido e prazeroso. As primeiras correções foram as piores, mas também as inesquecíveis. Fui pegando o gosto pela pauta. Nem tudo vão ser flores queridos. Já chorei por uma nota baixa de pauta, mas ergui minha cabeça e na seguinte chorei de alegria. É como ouvi de um desde o primeiro ano da faculdade: “Aqui vocês podem errar, lá fora, não”. Desde então carrego essa frase comigo.

Se forem se arrepender, se arrependam-se do gênero que deixaram de fazer

É claro que não poderiam faltar as risadas nas correções. Gente, foram todas contagiantes. A própria disciplina de Técnica de Reportagem abre portas para uma experiência encantadora. É muita emoção buscarmos pautas informativas e opinativas. Eu curti. Vocês também irão. Mas olhem lá, cuidem bem desse nosso “filhotinho”. Estarei ligada nas novas edições de 2016 e tenho certeza que irão ser melhores.

Bem, deixo claro que esse é o meu último texto por aqui. É triste isso. Apesar da correria que foi no decorrer do ano para as produções, vai fazer falta. Cada momento foi muito importante e levarei comigo para o futuro profissional. Vale a pena a dedicação e o compromisso semanal. Não irão se arrepender. Se forem se arrepender, se arrependam-se do gênero que deixaram de fazer. Mas não deixem!

Estou muito feliz, amigos. Feliz, pois adquiri inúmeros conhecimentos com o JMP. O que pode e o que não pode escrever em jornalismo ficarão arquivados na minha “cachola”. Aqui fica um especial agradecimento a todos que de algum jeito, me ajudaram a crescer na escrita. Fim do primeiro tempo, ano que vem tem mais. A propósito, claro que este texto passou por correção e também tinha erros.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.827 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Sou riso fácil. Se o caldo engrossar, gargalho

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2015
S T Q Q S S D
« out   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mario Quintana Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.