Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #470 | 10/11/2017 - Ano XVIII
 
Saúde | Edição #428 - 19/10/2015

Uso de remédios para emagrecer é ruim, diz médico

Maneira mais rápida e fácil para chegar ao peso ideal faz pessoas procurarem medicamentos sem conhecer os riscos

Ana Paula Foltran
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Verão chegando, quilos a mais, correria do dia a dia e o desejo do corpo ideal em pouco tempo e pouco esforço são alguns motivos que levam as pessoas a procurar fórmulas milagrosas para emagrecer. O uso de remédios é o mais comum e pode causar sérios problemas à saúde, podendo levar até à morte.

sdg

Remédio para emagrecer é um risco que deve ser prevenido (Foto: Ana Paula Foltran)

Foi o que aconteceu em setembro com a estudante Carolina Martins, 17, que não estava satisfeita com o próprio corpo e optou por usar o medicamento sibutramina, que só pode ser vendido com prescrição médica. Por ter problemas de pressão alta, a estudante teve alucinações com o do remédio e se atirou do prédio onde morava, no último dia 19 de setembro, em Uberaba (MG).

 

Todo mundo quer emagrecer de forma rápida e fácil, sem grandes esforços

Segundo o médico endocrinologista João Marcelo Marcantonio, 41, esses remédios podem causar vários prejuízos à saúde. “Os hormônios de crescimento podem fazer a pessoa ter maior risco de câncer. Termogênico podem causar arritmia. As anfetaminas podem causar alteração no comportamento, a pessoa pode ficar depressiva, ter psicoses e instabilidade de humor.”

O professor de educação física Uilson Rodrigues Júnior, 31, afirma que alunos que frequentam academias procuram tudo o que querem na internet e apesar de pedirem a opinião de algum profissional acreditam que já sabem tudo o que precisam sobre o uso de remédios.

Ele conta que o “efeito sanfona”, que é quando o sujeito perde peso, mas logo após recupera, é muito prejudicial à saúde, pois o organismo não consegue reconhecer qual o tipo de corpo a pessoa tem. “Às vezes usa um medicamento e tem resultado, mas não cuida da alimentação. Assim que para de tomar o remédio, o peso volta”, afirma Rodrigues Júnior.

A estudante de direito Vanessa, 26, que preferiu não ter o sobrenome divulgado, começou a fazer uso do medicamento sibutramina, após pesquisar sobre isso na internet. “Não optei por outra forma de emagrecer, pois além de não ter tempo para conciliar atividades físicas com estudo e trabalho, também não conseguia comer de forma saudável”, diz Vanessa.

A estudante revela que comprava o remédio no “mercado negro”, com pessoas que comercializam o medicamento na internet sem prescrição médica. “Todo mundo quer emagrecer de forma rápida e fácil, sem grandes esforços e acho que o remédio proporciona isso”, relata a estudante.

Para Marcantonio, a forma mais saudável de perder peso é unir reeducação alimentar a exercício físico. “Não existe espaço para termogênico, para o uso de anabolizantes para o aumento de massa muscular, e nem para hormônios. Recebemos pessoas que fazem uso desses medicamentos aleatoriamente que compram na internet e no Paraguai”, conta Marcantonio.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

28.750 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Fã da gramática, dependente da escrita e amante do texto

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2015
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

galeria de fotos

Mario Quintana George Carlin Cazuza

enquete

A Feira do Produtor é importante para Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2016 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.