Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #426 - 21/09/2015

No São Silvestre oração é saída contra as drogas

Jovens em Ordem de Batalha sempre apostou na música como meio para atrair e retirar dependentes dos vícios

Alessandro Alves
Aluno de Jornalismo

Comentários
 

Aloizio 1Foi varrendo a calçada na frente de casa, no Jardim São Silvestre, região sul de Maringá que Aloizio Antonio da Silva, 51, recebeu a equipe do Jornal Matéria Prima (JMP). Após alguns minutos de conversa ali, na calçada, Silva convidou a equipe para entrar na casa simples. Morador há 20 anos no São Silvestre ele diz que quando chegou ali, o bairro ainda tinha poucas casas. Montou uma loja e também começou a participar da comunidade como coordenador do grupo Jovens em Ordem de Batalha, o JOB. Ele conta que no começo não sabia como atrair os jovens para participar dos encontros do grupo e buscou, como alternativa, caixas de som e instrumentos que tinha em casa.

“Como eles gostavam de tocar, foi uma maneira de atrai-los e quando conseguimos atrair vários jovens, começamos a criar outros projetos. Um deles foi a Paradinha de Jesus. Nesse projeto nós trabalhávamos com evangelização, através da música, o rock cristão. Era o momento em que todos se misturavam e uns proporcionavam alegria para os outros. As pessoas têm necessidade de alegria e a música proporciona isso. Muitos jovens deixaram o álcool e as drogas”, contou Aloizio Silva.

Ele disse que o projeto foi se expandindo e chegou a outros bairros da cidade, também nas escolas, pois muitos jovens estavam se entregando ao álcool e às drogas. Para resgatar esses jovens, nas escolas eram feitas as Olimpíadas de Jesus e todos podiam se inscrever. Ele disse que antes de cada jogo era feita uma oração.

A música muda a vida das pessoas, tira das drogas e faz ter dignidade

Aloizio Silva disse que não tem recursos, mas ainda quer ter um espaço para ensinar as crianças do bairro a tocar instrumentos. “A música muda a vida das pessoas, tira das drogas e faz ter dignidade. Eu conheço muitas pessoas que hoje podiam não estar mais aqui, mas estão por conta desse pequeno trabalho. Quando converso com uma criança eu a direciono. Se estendemos a mão conseguimos mudar muitas coisas. O que vale é mudar a vida das pessoas”, disse emocionado.

O JMP conversou também com o atual coordenador do JOB, Luiz Antonio da Silva Neto, 20, filho de Aloizio Silva e que está dando continuidade ao trabalho que começou há 18 anos. “O grupo de oração é mais que a espiritualidade, cria-se um vínculo de amizade e irmandade, aprendemos coisas novas que levamos para a vida toda. O propósito é fazer pessoas que não se conhecem estarem juntas em algo maior, que é o amor de Deus”, disse Luiz Antonio.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.065 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Detalhista, gosto de tudo no seu devido lugar

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

setembro 2015
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

galeria de fotos

Cazuza George Carlin Mark Twain

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.