Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Saúde | Edição #422 - 16/08/2015

Sejam bem-vindos à ditadura da beleza

De acordo com pesquisa, o Brasil é líder mundial em cirurgias plásticas e deixou para trás países como os EUA e México

Efraim Nascimento
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Ditadura da beleza

Foto: Efraim Nascimento

Malhação, dietas, plásticas e mais malhação. É pouco provável que exista uma pessoa que nunca se sentiu desconfortável ao olhar-se no espelho, e mais improvável ainda quem nunca pensou em esticar um pouquinho aqui, tirar um excesso ali, definir isso ou aquilo. A ditadura da beleza faz parte e nos move todos os dias.

Refletir sobre o corpo mostrou-se ser um fator de suma importância hoje, levando em consideração que o assunto não ocupa apenas um espaço na sociedade, mas também e acima de tudo, ocupa os pensamentos, emoções e a forma de vida das pessoas. E isso é muito relevante.

De acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps, sigla em inglês), o Brasil superou os EUA e hoje é o líder mundial em número de procedimentos dessa natureza. Somente em 2013 o país realizou 1,49 milhão de operações, deixando os EUA em segundo lugar no ranking com 1,45 milhão, seguido do México em terceiro, com 486 mil cirurgias.

As estatísticas revelam que o país não é somente o líder mundial em plásticas, mas líder também em altos índices de rejeição ao próprio corpo.

Vivemos sob a ditadura da beleza e nela, os magros e sarados dão as cartas

Fazemos parte de uma sociedade de consumo e de maioria capitalista. A mídia tornou-se a principal aliada e difusora de uma imagem construída a partir de valores socialmente estabelecidos e muitas deturpados. E o pior, é quem dita os costumes, os padrões de beleza, aliena e corrompe. Dita a vida e como vivê-la. Vivemos sob a ditadura da beleza, e nela os magros e sarados dão as cartas. E quanto aos que estão “fora do clube” só existe uma solução: adeque-se ou estarás fadado a viver à margem da sociedade, à exclusão, e de brinde uma pitada de bullying diário, só para sair da rotina. Simples assim.

O fato de querer estar bonito (a), elevar a autoestima e sentir-se bem não é pecado ou um absurdo. Muito menos a escolha de não querer seguir os padrões impostos pela sociedade e pela mídia. O grande problema está nos excessos, na maneira, importância e espaço que isso ocupa na vida de quem procura a beleza.

Padrões estéticos mudam e o que é belo hoje talvez não seja o belo de amanhã. A beleza é subjetiva, é aquilo que agrada não que destrói. A beleza exterior só pode ser alcançada e percebida de forma efetiva se o interior de quem a deseja estiver em paz consigo mesmo. Afinal, a beleza verdadeira está nos olhos de quem vê.

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Apaixonado por Londres, ainda à espera da carta de Hogwarts

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

agosto 2015
S T Q Q S S D
« jun   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

George Carlin Mark Twain Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.