Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #420 - 03/08/2015

“A principal parte de vencer é ter os amigos e o time que está do seu lado”

Fotógrafo há muitos anos, com uma doença degenerativa da retina, Rodrigo Côrtes sempre buscou a superação

Alessandro Alves
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Rodrigo Côrtes fotógrafo e criador do site Paraná VIP (Foto/Psyco Jhon)

Rodrigo Côrtes fotógrafo e criador do site Paraná VIP (Foto/Psyco Jhon)

Fotógrafo e criador do site Paraná VIP a oito anos, Rodrigo Hélenton Borba Côrtes, 39 anos é tem retinose pigmentar. Traduzindo é uma doença oftalmológica hereditária, caracterizada pela degeneração progressiva da retina. Ele é quase cego. Durante o dia Côrtes tem sensibilidade à claridade e precisa andar de óculos escuro, pois a luz do sol ajuda no processo de degeneração.  Durante a noite, têm cegueira noturna e não tem a visão periférica. A visão dele é a chamada tubular. A doença ainda não tem cura, mas já existem alguns estudos que buscam encontrar formas de evitar a degeneração das células da retina ou recuperar as células lesadas.

Em entrevista ao Jornal Matéria Prima (JMP) Côrtes disse que para vencer as dificuldades sempre contou com o apoio de um time, os amigos.

Em que momento você começou a gostar de fotografar?
Rodrigo. Eu sempre tirei fotos familiares, sempre tive máquina de filme [ analógica ] e levava nos churrascos de amigos para brincar, tirar fotos familiares. Normalmente o pessoal antigamente cortavam a cabeça nas fotografias e eu fazia o enquadramento mais ou menos certinho.

E trabalhar profissionalmente com a fotografia, Como foi no início e qual segmento?
Trabalho com internet e surgiu a oportunidade de um site de fotos. Comecei com uma câmera digital pequena, era uma Sony W 55, montei o site e contava com dois amigos para ajudar, o Alex Lopes e o Aparecido Henrique Romero. Nós tirávamos 40 fotos por semana e após algum tempo chegamos a tirar tranquilamente seis mil fotos em um fim de semana, eram todas fotos filtradas e aproveitáveis. Nosso foco era eventos de modo geral: balada, show, cervejada, barzinho era mais focada nesse tipo de segmento.

Na fotografia você interpreta o que está vendo e sentindo

Você acredita que a fotografia exerce papel social?
A fotografia exerce principalmente quando mostra uma realidade. Diferente da televisão que mostra o lado bonito a fotografia mostra o lado real. A filmagem, com a edição, pode fazer você ver de uma forma. Na fotografia você interpreta aquilo que está realmente vendo e sentindo. Quando você olha a filmagem da pobreza no mesmo momento ela passa. A fotografia faz você parar, olhar, refletir sobre o que está acontecendo e acaba mudando a forma de pensar de algumas pessoas.

 Além da visão bastante reduzida, quais outros problemas você encontra na hora de fotografar?
Enquadramento. É terrível, pois eu tenho que achar onde está a pessoa, essa é a principal dificuldade. Quando o enquadramento não sai como eu quero ou alguém fica excluído da fotografia, uso um macete para resolver. Eu falo para alguém: “você piscou”. Ai já sei onde está todo mundo e refaço a foto, só que se alguém se mexer outra pessoa vai ter piscado. Quando a gente fala “você piscou” não precisa mostrar é só fazer outra foto. É um jeitinho sutil de utilizar o recurso tecnológico que é o visor da câmera para compensar a falta de visão e vencer a dificuldade.

Como você lida com a dificuldade e o que faz para vencê-la?
São dois fatores. Um é time e outro, amigos. Quando vou fotografar em algum lugar e tenho dificuldade volta e meia aparece algum segurança que sabe do meu problema e me auxilia a subir ou descer do palco. Tem sempre alguém que está me auxiliando. O time é a equipe do site, que era fantástica. Eles também eram meus olhos nos eventos. Eu dizia o que estava buscando e quando chegava e ia fazer algo, alguém falava “pode deixar que já fiz para você”. A principal parte de vencer é ter os amigos e o time que está do seu lado. É sempre bom ter alguém para ajudar. A equipe do Paraná VIP é como se fosse uma família tudo que precisei todos sempre me ajudaram.

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Angelica Gomes Golin disse:

Adorei a matéria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.065 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Detalhista, gosto de tudo no seu devido lugar

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

agosto 2015
S T Q Q S S D
« jun   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

galeria de fotos

George Carlin Mark Twain Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.