Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Esporte | Edição #417 - 15/06/2015

“Treinar o Maringá hoje é motivo de muito orgulho”

Com a trajetória cheia de atuações em times do Brasil e fora do país, Edson Vieira vai disputar a Taça FPF sub-23

Thainara Cruz
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
Edson Roberto Vieira novo treinador do Maringá Futebol Clube (Foto: Luis Henrique de Sá Perles)

Edson Roberto Vieira novo treinador do Maringá Futebol Clube (Foto: Luis Henrique de Sá Perles)

Edson Roberto Vieira, 49, nasceu em São João no Paraná, aproximadamente 460 quilômetros de Maringá. Começou a carreira como jogador no Londrina. Após essa experiência, atuou em vários times, como Botafogo, do Rio de Janeiro, Mogi Mirim e Ponte Preta, de São Paulo. Ele também teve atuações em clubes fora do país, como Atlas, de Guadalajara e Once Caldas, da Colômbia.

Após encerrar a trajetória como jogador, tornou-se treinador da Portuguesa Londrinense. A partir daí, comandou vários times, como XV de Piracicaba, São Bento e Olímpia, de São Paulo.  Atualmente ele comanda o Maringá Futebol Clube, para disputar a Taça FPF (Federação Paranaense de Futebol) sub-23, que começa em julho.

Em entrevista ao Jornal Matéria Prima, Edson Vieira conta como está sendo montar um novo elenco para o time maringaense, como vai ser a rotina de treinos e o que ele leva de experiência da época em que era jogador para hoje, como treinador.

O clube vai disputar em julho a Taça FPF sub-23,  prioridade do time no momento, pois dá a oportunidade de conseguir uma vaga na série D do Campeonato Brasileiro de 2016. Como vai ser a rotina de treinos para um bom inicio de competição?
Vamos ter um período de teste com alguns jogadores, devido ao time estar sendo remodelado completamente. Alguns jogadores já vieram contratados, jogadores que estou indicando para o clube e outros que a diretoria está indicando através do Paulinho (diretor de futebol do Maringá FC). Estamos em cima da competição e começamos nossos trabalhos no dia 8 de junho.

O primeiro passo da diretoria no mês passado foi aproveitar que os contratos estavam terminando com o elenco e a comissão técnica para liberar os jogadores que não se enquadravam no limite de idade, de 16 à 23 anos. Como está sendo montar um novo elenco para essa competição e o que está sendo levado em consideração fora à questão de idade?
Estamos buscando jogadores que sejam competitivos e que pela idade tenham certa experiência. Jogadores que estejam acostumados a brigar por acesso, por título nos estádios que jogam. Vamos em busca de atletas assim, que realmente têm um perfil vencedor, que têm caráter, respeitem a instituição, companheiros e comissão técnica.

Vamos em busca do título, da vaga para a série D do Campeonato Brasileiro

Você como novo treinador da equipe, pretende manter o sistematático ainda em 4-4-2 como o último técnico, Claudemir Sturion? Ou pretende trazer novidade para o time?
Não sou adepto a nenhum esquema, sou adepto a trabalho. Na pré- temporada vou trabalhar todos os esquemas que se usam hoje no futebol. Com os detalhes das futbolas (seis bolas fora do campo e uma dentro), o futebol evoluiu muito. Então hoje você tem que mudar esquemas dentro do jogo, só você ensinar o seu atleta, o que não pode é inventar. O que eu vou fazer vai ser trabalhar meus jogadores, vou priorizar os que jogam mais em uma posição, trabalhar com eles dentro do campo, e aí vou por em prática. Mudo muito de esquema sem trocar, sem precisar fazer substituições. Claro que às vezes, vamos tendo preferência por um esquema, dependendo da característica do jogador que levarmos para o clube.  Muitos esquemas ficaram mofados. Na realidade quero trabalhar da minha forma.

Você já comandou vários times como a Portuguesa Londrinense, 15 de Piracicaba, Sertãozinho, São Bento e outros. Diante disso, qual é a maior dificuldade que enfrenta quando chega a um novo clube?
A dificuldade maior é sempre a estrutura, a logística do clube, as pessoas que trabalham e para quem elas trabalham. Eu realmente tenho trabalhado em muitos clubes em São Paulo. No Paraná, eu trabalhei na Portuguesa, onde comecei, depois trabalhei como auxiliar técnico no Londrina. E lá em São Paulo a dificuldade que encontrei foi sempre essa, problema de logística, pessoas que trabalham dentro do clube e usam como fachada. Isso é uma realidade onde eu tenho trabalhado.

O que traz de experiência dessa época para acrescentar ao seu trabalho como técnico?
Primeiro me profissionalizei aqui, trabalhei como jogador no Londrina aos 16 anos. Sou o jogador mais jovem da história desse clube no trabalho profissional. Depois eu fui para o Botafogo do Rio, onde eu me profissionalizei, na época com 18 anos. O que mais importa para mim é a valorização de grupo, é onde a gente tira muito do time, porque o jogador sabe que o treinador valoriza o grupo.

E o que você espera da equipe na competição que vai ocorrer em julho?
Treinar o Maringá hoje é motivo de muito orgulho. Vou trabalhar com um time de primeira divisão do Campeonato Paranaense, é um time que já chamou atenção em nível nacional. E eu vou buscar dar continuidade ao trabalho que começou há alguns anos atrás. É um clube que mantém treinador, que dá confiança para ele trabalhar e o que eu vou fazer vai ser buscar o título.  Sabemos que não é fácil nesse momento em que os clubes já estão prontos, principalmente os das capitais, onde tem vários jogadores até 23 anos. Vamos em busca do título, da vaga para a série D do Campeonato Brasileiro, para começar o ano bem, sem preocupação da vaga.

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

JOAO BATISTA disse:

O TREINADOR EDSON VIEIRA NÃO DEVIA TER SAÍDO NÃO…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.244 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Bem humorada, mas não quero ser amiguinha de fonte

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

junho 2015
S T Q Q S S D
« mai   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

galeria de fotos

Cazuza Chico Buarque George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.