Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #470 | 10/11/2017 - Ano XVIII
 
Saúde | Edição #419 - 29/06/2015

Doação de sangue mantém hospitais funcionando

Pessoas saudáveis entre 16 e 69 anos, com mais de 50 kg podem se candidatar nos hemocentros para serem doadores

Thainara Cruz
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
Doador ajudando a recompor o estoque nos bancos de sangue (Imagem: Tiago Cruz)

Doador ajudando a recompor o estoque nos bancos de sangue (Imagem: Tiago Cruz)

A doação de sangue é um processo fundamental para o funcionamento de hospitais e centros de saúde. Basta retirar aproximadamente 450 ml de sangue para estar ajudando essas instituições a salvar uma ou mais vidas. Do ponto de vista técnico, para esse procedimento é necessário pesar acima de 50 kg e ter no mínimo 16 e no máximo 69 anos. Porém, mais do que a condição física, a iniciativa exige do doador sentimento de solidariedade em relação ao próximo.

A auxiliar administrativa Horrana Gonçalves Nascimento, 22, sabe o que é isso. Ela tomou a  iniciativa de ser doadora a partir das campanhas que viu na televisão e nas ruas, mostrando o quanto doar sangue é importante e pode ajudar a salvar vidas. “A sensação que sinto [como doadora] é de alívio e conforto”, afirmou.

Para ser um doador o procedimento é simples. Deve-se procurar o hemocentro e apresentar documento oficial com foto. Lá, serão realizados exames que consistem na passagem pela triagem clínica hematológica, verificando todos os sinais digitais da pessoa, como batimentos cardíacos, pressão, peso, altura e pulso.

Segundo a assistente social do Hemocentro Regional de Maringá, Tereza Maria Pauliqui Teluso, 53, a triagem clínica tem dois objetivos. O primeiro é proteger a saúde do doador, verificando doenças que ele já teve e se está bem de saúde, para que futuramente não tenha nenhuma complicação. Já o segundo objetivo envolve questionamentos relacionados à vida sexual do doador, para a segurança do receptor.

O que me motivou a doar sangue foram as campanhas na televisão e nas ruas

Ao fim desse processo, o doador vai para a coleta de sangue, que dura em média 15 minutos. Após isso, o material coletado segue para o laboratório de processamento, onde o sangue vai ser separado em três hemocomponentes: as hemácias, plasma e as plaquetas, que podem ser usados em diferentes pacientes.

Segundo a professora de hematologia do curso de Biomedicina do Centro Universitário Cesumar (Unicesumar), Jéssica Zirondi, 27, o doador não vai ter nenhum efeito colateral. O que pode acontecer, raramente, é queda de pressão.

A médica hematologista do Hemocentro Tatiana Takahashi Riga, 41, explicou como é realizada a transfusão. “O médico faz a solicitação do tipo sanguíneo especifico para o banco de sangue, onde vai ser analisada a amostra e visto qual é a compatibilidade. E então, é encaminhado para o paciente”, afirmou. Ela disse que alguns dos casos que mais precisam de doações são de pessoas que sofrem acidente, que têm anemia, câncer e doenças crônicas.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

28.750 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Bem humorada, mas não quero ser amiguinha de fonte

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

junho 2015
S T Q Q S S D
« mai   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

galeria de fotos

Chico Buarque George Carlin Mario Quintana

enquete

A Feira do Produtor é importante para Maringá?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2016 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.