Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Tecnologia | Edição #411 - 04/05/2015

Evolução, palavra de ordem para gamers

Lançamentos de 2015 deixam versões anteriores de lado e forçam os jogadores a ter de evoluir para a nova geração

Gabriel Fontana
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Foto: Gabriel Fontana

Foto: Gabriel Fontana

Este ano, há uma lista recheada de lançamentos para deixar a maioria dos fãs de videogames empolgados ou, pelo menos, era isso que deveria acontecer. Com lançamentos abaixo da qualidade esperada, os portadores do Xbox 360 e do Playstation 3 torcem para que as versões da suas plataformas sejam no mínimo apresentáveis.

Nos últimos nove anos, houve hegemonia dos consoles Xbox 360 e Playstation 3, pois representavam o ápice do desenvolvimento tecnológico na área de entretenimento eletrônico. Com o lançamento dos consoles da nova geração, no fim do ano passado, o foco das desenvolvedoras de jogos passou a ser construir gráficos mais realistas e mecânicas de jogos mais sofisticadas, ou seja, atenção total à nova geração de videogames. Assim como nas gerações passadas, deixou-se de lado a anterior, forçando os amantes de jogos a evoluir ou a ter de se satisfazer com versões abaixo da qualidade já experimentada, podendo chegar a se equivalendo às versões mais antigas de consoles, como Playstation 2 e Xbox.

A maioria dos jogos lançados este ano tem como foco principal os novos consoles

O desrespeito com os fãs começa quando as desenvolvedoras colocam equipes secundárias, que não têm os mesmos recursos e apoio que suas contratantes têm para o desenvolvimento dos jogos. Isso já foi visto em “Titanfall” e “Call of Duty: Advanced Warfare”, cujas versões para as plataformas anteriores não foram desenvolvidas pela Respawn ou Sledgehammer, respectivamente. Um dos casos que geraram insatisfação maior entre jogadores foi “Forza Horizon 2”, reconhecido pelas paisagens paradisíacas da Europa. Na versão do Xbox 360 deixou muito a desejar em relação à edição anterior que levou o prêmio de melhor jogo de corrida em 2012.

A maioria dos jogos lançados este ano tem como foco principal os consoles Xbox One e Playstation 4. Seria, então o fim da geração Xbox 360 e Playstation 3? Ainda é cedo demais para saber quais são os planos da indústria em relação a isso. É de se esperar que  sejam cada vez menos levados em conta daqui para frente. Agora é só questão de esperar e torcer para que, nos próximos lançamentos, ambas as versões venham com uma qualidade aceitável para a geração anterior.

 

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.155 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Com os poderes do Batman e o dinheiro do Homem Aranha

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

maio 2015
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

galeria de fotos

Cazuza Mario Quintana Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.