Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #410 - 20/04/2015

Nova equipe JMP deve observar e melhorar

É necessário perceber que a interatividade com o leitor pode ser o ponto chave para alcançar os objetivos do jornal

Mateus Girotto
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Fotomontagem/Mateus Girotto

Fotomontagem/Mateus Girotto

O Jornal Matéria Prima (JMP) chega ao 16º ano de vida e à edição número 410. Ao observar algumas edições anteriores deste veículo de comunicação (que embora tenha características de uma publicação impressa, circula na internet), a interatividade com o leitor pouco aparece. Mas não se pode deixar de avaliar que as poucas formas de interação, como comentários positivos e precisos nas reportagens, elevam a percepção de qualidade dos textos.

Com a internet, a informação passou a fluir com rapidez, interligando os usuários deste meio de comunicação sem que haja nenhum tipo de obstáculo. E o ambiente do ciberespaço (Lévy, 1996) proporciona a interatividade. De acordo com o dicionário Houaiss de Língua Portuguesa, a interatividade se refere “à capacidade de um sistema de comunicação” ou “ato de diálogo intercambiável entre o usuário de um sistema e a máquina, mediante um terminal e equipado de tela de visualização”.

Novas equipes precisam produzir textos melhores que os de edições passadas

A interatividade ganhou força no cenário do ciberespaço, mais especificamente no ciberjornalismo, que passa a proporcionar dinamismo entre o internauta e os sites de informação. Dessa forma, ao produzir um jornal-laboratório como este, os alunos precisam ir atrás de produtos textuais que agradem o leitor, deixando de lado os próprios gostos e particularidades.

O jornal, por sua vez, evoluindo de acordo com os avanços tecnológicos, deve perceber a importância de pensar mais no leitor e fazer a interatividade ser mais presente na publicação. Bardoel e Deuze (2000) consideram que a notícia no ambiente virtual tem capacidade de fazer o leitor se sentir parte do processo. Portanto, olhando para trás, observando e avaliando o que já passou, reportagens de bairro, críticas, enfim, o conteúdo que o público do JMP a partir de agora vai consumir precisa ser melhor que o de edições passadas.

Segundo a Professora Rosane Barros, editora do JMP, “o jornal tem um bom público e é considerável o número de acessos ao site”, mas para que cresça em credibilidade e público, é necessário que a interação seja um processo constante.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.243 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Estudante de jornalismo que ama presenciar e relatar os fatos, por mais ecléticos que sejam

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2015
S T Q Q S S D
« dez   mai »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

galeria de fotos

Mario Quintana Cazuza George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.