Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #409 - 09/12/2014

Prazo indeterminado para ter nostalgia

Ciclo encerrado de pressões constantes, do nervosismo semanal e da aflição com as produções, pelo menos, para o JMP

Caio Rosa
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Caio Rosa (Foto: Lais Moser)

Caio Rosa (Foto: Lais Moser)

É terça-feira, dia de correção de textos, e minha fonte decidiu desaparecer. A segunda opção? Foi viajar, desligou o celular e não checou o e-mail. Chorar na terceira tentativa? Negativo. Vou ligar na faculdade e descobrir o horário que outra fonte poderá me atender.

Independentemente da pessoa que eu for entrevistar, falará injúrias mentalmente, porque a cada pergunta, o olhar se dispara ao relógio. A resposta não dura 30 segundos. Respiro e em menos de cinco tenho a obrigação de elaborar outra questão, preocupado se a informação recebida foi o suficiente. Esquecer de perguntar a idade do entrevistado ou nome completo? Erro para não repetir mais. É pedir para receber umas “agressões verbais”.

Por essas e outras ciladas, despeço-me do JMP, carregado de saudades e com a sensação de dever cumprido. No fim de ano, ao colocar na balança todos os acontecimentos, sem dúvida, o esforço predominou. Não vale a pena inventar histórias, utilizar fontes erradas para justificar as que não deram certo, tampouco escrever de qualquer maneira para obter a nota azul no bimestre. O reconhecimento de um trabalho árduo foi notável, seja pelos elogios da querida orientadora do JMP, ou nos comentários surpreendentes dos leitores, que nem sequer esperava obter. Além de gratificante foi essencial para permanecer na jornada jornalística.

Acreditar plenamente que nenhum texto foi bom. Essa “síndrome” levarei comigo

Em meio a prazos estabelecidos e à pressão exercida, encantei-me com histórias não exploradas em alguns bairros de Maringá. Mesmo depois de bater muita palma e ouvir muitas recusas, as mais brilhantes narrativas foram veiculadas no JMP. A agonia de nada sair como planejado e todo o frio na barriga com relação às produções, afinal, tem algumas vantagens. O trabalho é levado mais a sério, além disso, a importância em publicar um material bem construído e elaborado acarreta alívio, depois de substituir a televisão aos domingos pelas escritas.

Acreditar plenamente que nenhum texto foi bom. Essa “síndrome” levarei comigo sobre as 12 produções. Procurei desviar ao máximo dos erros gramaticais, sabendo que alguns escapariam. Fazer e refazer título e linha-fina, umas três vezes ao dia, com a certeza de que o resultado foi mediano, acarretou algumas dores de cabeça. No entanto, esse turbilhão de sentimentos aflorados fez da disciplina de técnica de reportagem, o melhor contato com a realidade do jornalismo. Toda a angústia rotineira não passou de uma fantástica avaliação sobre o que viverei futuramente.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.872 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Amante do cinema, contemplador da boa leitura e curioso na busca por novos aprendizados.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

galeria de fotos

Mario Quintana Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.