Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #405 - 30/10/2014

Pautas do JMP revezam saúde e religião

Apenas esses dois temas foram responsáveis por 34% das reportagens do Jornal Matéria Prima; Maringá é maior que isso

Luan Comitre
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Fotomontagem

Fotomontagem

Depressão, transtorno, ciúme, alcoolismo, infertilidade, crença, fé, pastores e padres. Esses são alguns dos assuntos que fizeram parte das reportagens do Jornal Matéria Prima deste ano. Tais assuntos se resumem a duas categorias: saúde e religião. Ao todo, o JMP publicou 20 edições só neste ano, totalizando 179 reportagens, sendo que 34% estão direta ou indiretamente relacionadas com saúde e religião.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até 2013 Maringá já contabilizava mais de 385 mil habitantes. Em uma cidade com tantos moradores, será que não existem outros temas para serem abordados? Ou simplesmente falta dedicação dos alunos em procurar novos temas? Esse problema não está presente apenas nas edições deste ano. Em 2013, a aluna de jornalismo Andreia Melero, também levantou tal questionamento perante a mesma situação encontrada por ela nas edições anteriores do JMP, mas que envolviam outros temas. “Os argumentos que justificam a rotina criada nas edições são vastos. Não gostar de ler, não ter tempo disponível, não perder o capítulo da novela, não gostar de política, economia, esporte e afins”, escreveu a estudante na ocasião.

Maringá não se resume apenas a histórias de superação, doenças e fé

Segundo o jornalista Enio Moraes Júnior, em seu site Jornal Jovem (4ª edição – 2006), a pauta é uma excelente ferramenta, que facilita a vida do jornalista e o ajuda a evitar erros. “Ela é o guia, o roteiro, o briefing que vai orientar o repórter em seu trabalho.”  Mas de que adianta escrever uma belíssima pauta sempre com os mesmos assuntos? Antes da produção da pauta cabe aos alunos lerem os demais textos que foram publicados para que não haja reportagens que tratem sobre o mesmo tema, mudando apenas os personagens.

De tal maneira os alunos devem dedicar mais tempo na busca de temas pouco explorados, deixando a preguiça de lado e explorando melhor os assuntos que a região pode oferecer. Maringá não se resume apenas a histórias de superação, doenças e fé. Se os futuros jornalistas não tiverem vontade de mudar enquanto há tempo, ao entrar no mercado de trabalho serão profissionais limitados, que se contentam em divulgar sempre os mesmos conteúdo, sem se preocupar com o leitor. Como escreveu a jornalista Eliane Brum em sua coluna na revista Época, “a imprensa cumpriu bem o papel de documentar sua época. Cumpriu mal seu papel quando reduziu as versões e deixou de contar capítulos inteiros”.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.839 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Curioso e interessado, pronto para aprender tudo o que as pessoas têm para lhe ensinar.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

galeria de fotos

Chico Buarque Mark Twain George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.