Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Educação | Edição #404 - 23/10/2014

A fertilidade que transforma o árido

Há mais de 14 anos, o Jornal Matéria Prima apresenta aos alunos de jornalismo a realidade deles e da profissão

Andreia Melero
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
Fotomontagem: Lilian Vespa

Fotomontagem: Lilian Vespa

Ano 2000, ano bissexto em que o médico britânico Harold Shipman é condenado à prisão perpétua pela morte de 250 pacientes, o jogo The Sims é lançado, George Bush é eleito presidente dos Estados Unidos da América e acontece o sequestro do ônibus 174, no Rio de Janeiro. O ano foi marcado pelas tragédias do Concorde da Air France e do submarino Russo Kursk. Ano também que a banda Raimundos lança o último CD, com Rodolfo Abrantes como líder, e a cantora Britney Spears lança o álbum Ups! … I did again, que viria a ser um dos mais vendidos da década seguinte. A Rede Globo bate recordes de audiência, exibindo pessoas comuns comendo olhos de cabras no programa No Limite, os jogos olímpicos de Sydney têm início, e claro, o Brasil comemora 500 anos.

O que lembramos do ano 2000? Alegrias como a primeira vitória de Barrichello, Guga como nº 1 no ranking mundial de tênis? A fuga do juiz “Lalau” ou o frenético lançamento do livro Harry Potter e o Cálice de Fogo? A primeira edição da revista O Cruzeiro - principal publicação ilustrada brasileira da primeira metade do século XX – em 10 de novembro de 1928, traz um artigo do professor universitário brasileiro F. Labouriau sobre o provável desenvolvimento tecnológico no ano 2000. O professor previa que a energia elétrica seria a moeda nacional, pagando contas, salários e tudo mais em quilowatts.

No mesmo artigo, Labouriau dizia que em 2000 a fome não existiria mais no País. Sim, o professor estava certo sobre prever que algo inovador aconteceria no futuro. Mas essa inovação não foi a energia elétrica que dominou a economia nacional, nem a erradicação – tão distante – da fome no Brasil. A novidade, ao menos para os estudantes de jornalismo do então Centro Universitário de Maringá (Cesumar), foi o lançamento de um jornal-laboratório que viria a ser referência para todas as turmas: o Matéria Prima.

O Matéria Prima (MP) tornou-se Jornal Matéria Prima (JMP) em 2012 e atualmente é produzido pelos alunos do 2º ano do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar (UniCesumar). Com mais de três mil textos publicados em 403 edições, o JMP é uma das principais ferramentas para os estudantes dentro curso, além de servir para levar informação à comunidade. Nas produções semanais, os alunos têm de passar por todos os gêneros jornalísticos, informativos, opinativos e críticos. O aluno tem a oportunidade de se descobrir textualmente e experimentar uma pequena dose do que o aguarda futuramente no mercado de trabalho.

Apesar da certeza da teoria, ter de enfrentar face a face a prática não é fácil. Os “focas” quando iniciam o trabalho dentro do JMP, ganham não só experiência profissional, mas também evoluem com a vivência alheia das entrevistas e das matérias abordadas. Há um crescimento pessoal desde a correção das reportagens, até o momento em que os olhos brilham, ao ver a matéria publicada no site, assinada lá, como “aluno de Jornalismo”.

Há um crescimento pessoal desde a correção das reportagens, até o momento em que os olhos brilham, ao ver a matéria publicada

“No princípio, eu fiquei com medo, era muita responsabilidade. Bateu sim uma insegurança, afinal o JMP foi meu primeiro contato prático com o jornalismo. As correções de textos eram muito bacanas. Eram trocas entre os alunos e um imenso aprendizado. Podíamos debater vários assuntos e é sempre bom saber que alguém, mesmo que indiretamente, está vendo o seu trabalho. Sem dúvida, participar do JMP foi único”, conta Victor Rossi, 20, estudante de Jornalismo da UniCesumar.

Mantendo a tradição e utilizando como base de produção modelos do jornalismo impresso, o jornal também abriga recursos utilizados no ambiente online, como áudio, vídeo, comentários e compartilhamento nas redes sociais. O JMP também serve de vitrine para empresas de comunicação, mostrando o talento e abrindo portas para os futuros jornalistas.

Depois de bater de porta em porta, nos bairros, descobríamos entre os moradores histórias incríveis e emocionantes

Segundo a professora, jornalista e também coordenadora do JMP, Rosane Verdegay Barros, a cada ano o jornal torna-se mais relevante e evidente, tanto para os estudantes  como para toda comunidade. “Vários textos publicados originalmente no jornal-laboratório transformaram-se em pauta posteriormente para outros jornais. Alguns de nossos textos também foram publicados integralmente em outros jornais, com autorização dos próprios autores. Dentro do curso, a publicação tem o apoio e respeito de todo o corpo docente, da coordenação e da direção de ensino. O JMP é parte da história do jornalismo da UniCesumar, por ser a publicação mais antiga do curso. Desde 2011 estamos com plataforma própria e integrados ao servidor da UniCesumar o que, a meu ver, demonstra a confiança da instituição nesse projeto”, relata.

A jornalista Aline Boone, 23, conta que com o JMP ela pode adquirir o “olhar diferenciado de jornalista”, pois foi essa prática em campo que a levou a descobrir o mundo das histórias e dos relatos. Além de descobrir pessoas, ela pode vivê-las e apresentá-las ao público com olhar apurado e sensibilidade de quem não só repassa a informação, mas a sente e a digere de maneira plena e humanitária.

“Às vezes, a Rosane nos mandava para bairros onde não existia nada de interessante, mas isso era a princípio. Depois de bater de porta em porta, nos bairros, descobríamos entre os moradores histórias incríveis e emocionantes. O Jornal Matéria Prima despertou em mim uma enorme vontade de sempre estar contando uma boa história”, relata, intensamente, a jornalista.

O tal 2000 foi ano de fatos que realmente marcaram a história e, seguindo essa tradição, o JMP, filho querido daquele milênio, continua a incessante e pertinente saga de marcar a vida de futuros jornalistas, e de apresentar ao público inesquecíveis histórias.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.065 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Viciada em livros, música e séries. Tempo nublado, café e carinho sempre se encaixam.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

galeria de fotos

Chico Buarque Mario Quintana George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.