Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #390 - 06/06/2014

Aprendendo sobre o hoje e o para sempre

A jornada jornalística não perdoa: a profissão exige originalidade em cada texto, sendo a cópia um elemento inaceitável

Wesley Bischoff
Aluno de Jornalismo

Comentários
 

A cada semana que passa no Jornal Matéria Prima, você, leitor, confere reportagens, opiniões e crônicas de alunos do segundo ano de jornalismo que, além de se preocuparem com o mundo que está à volta e expressarem isso por meio dos textos, aprendem e evoluem a cada publicação. É neste jornal laboratório que temos a liberdade e a oportunidade de mostrar ao mercado de trabalho os futuros profissionais que nos tornaremos.

Na edição de nº 388 do JMP, a crônica “Vivendo e aprendendo hoje amanhã e sempre” conta a história de uma jovem em um habitual mal humor. Ao fim do dia, a moça encontra uma velha senhora com uma doença terminal. Essa, por sua vez, leva a jovem a fazer uma reflexão sobre a própria vida. Por outro lado, a crônica mostra certa semelhança com a produção literária da edição de nº 386, denominada: “O ontem, o hoje, o amanhã, o para sempre”. Desde o título até as 19 primeiras linhas do texto, o enredo pouco muda.

O papel da correção e orientação dos textos publicados aqui é de extrema importância

Em comparação realizada, é possível perceber que a crônica utiliza expressões parecidas como “invasão de pensamentos”, ante “chuva de pensamentos”; “calcula o longo dia em que virá pela frente”, aproximando-se de “traçar uma linha de tudo o que precisa fazer naquele dia”; ou ainda, “Ao levantar com os olhos semiabertos, direciona-se até o banheiro aos tropeços”, enquanto a primeira publicação cita “Os primeiros passos, vacilantes, são dados ainda com os olhos fechados”; entre outros detalhes, como o horário no início da crônica (sete horas, contra 6h20 da primeira), o quarto e o café da manhã.

O que fica claro é a insegurança na crônica da edição. Uma história interessantíssima foi contada, no entanto, peca ao utilizar como fonte de “inspiração” uma publicação já existente. A grande semelhança é caracterizada como cópia, uma vez que não se utiliza da intertextualidade – elemento literário válido, o qual o locutor dialoga com a obra de algum outro autor. Tal falha retira a total originalidade de uma obra que poderia ser, além de tocante, quase perfeita.

Além disso, a edição do JMP, também falhou no momento em que não percebeu a semelhança entre as duas crônicas. O papel da correção e orientação dos textos publicados aqui no Matéria Prima é de extrema importância para a evolução profissional de cada aluno. De acordo com Eduardo Senna, no artigo “Como lidar com o plágio em sala de aula” (2006), as cópias que estão presentes em meios acadêmicos fazem parte de uma “cultura de tolerância” das instituições de ensino. Fato que não pode ser aceito no ensino superior, muito menos no âmbito do jornalismo.

De qualquer maneira, a crônica da edição nº 388 e a própria edição do material refletem o alerta que os futuros profissionais do jornalismo: a cópia. Enquanto aqui podemos errar como forma de aprendizado, em um futuro não tão distante, a prática se caracteriza inaceitável. Fica a oportunidade para deixarmos o que passou no ontem, fazer uma reflexão hoje e guardar esse ensinamento para sempre, afinal viver também é aprender e, acima de tudo, crescer.

Semelhança entre os textos demonstra pouca criatividade (Foto: Reprodução/Jornal Matéria Prima)

Semelhança entre os textos demonstra pouca criatividade (Foto: Reprodução/Jornal Matéria Prima)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.133 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Estudante de jornalismo, busca novos horizontes por meio da paixão em mudar o que está a sua volta.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

junho 2014
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

George Carlin Mario Quintana Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.