Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #383 - 05/12/2013

Escrever com a alma é muito mais sincero

Fazer o JMP foi mais que uma simples disciplina da faculdade, foi aprender como o jornalista comprometido deve trabalhar

Cris Gabino
Aluna de Jornalismo

Comentários
 
Cristiane Gabino (Foto: Mariana Kateivas)

Cristiane Gabino (Foto: Mariana Kateivas)

Pautar, entrevistar, escrever, corrigir, ter prazos para entrega, diagramar a própria reportagem, ufa, é isso que todos aqueles que participam do projeto Jornal Matéria Prima aprendem. E o ensinamento vai ainda muito além.

Descobri que escrever por escrever não vale a pena, que além da informação devemos mostrar a essência de cada assunto abordado.  Descobri que escrever com a alma é muito mais sincero do que escrever somente o que os olhos veem, e que a cada texto  surgia a capacidade de enxergar além do óbvio.

Conhecer pessoas e lugares diferentes nos faz mais humanos, nos mostra que sair do nosso próprio “mundinho perfeito” é bom, nos ensina e nos ajuda a crescer.

Escrever o último texto me deixa triste, mas ao mesmo tempo muito feliz porque me despeço com a sensação de dever cumprido

Lembro-me do primeiro texto, um desastre,  já imaginei que não ia ser aprovada. Mas que bobagem a minha, só serviu para me mostrar que nada melhor do que praticar para melhorar. Hoje meu modo de observação mudou, sei que ainda tenho muito a aprender, mas também sei que foi a partir do JMP que  aprendi a contar histórias de outras pessoas e lugares, com um ponto de vista meu, mas nunca modificando a verdade dos fatos.

Escrever o último texto me deixa triste, mas ao mesmo tempo muito feliz porque me despeço com a sensação de dever cumprido, de saber que o que aprendi vou levar para o resto da vida. Que cresci muito fazendo parte deste projeto, e que as lembranças sempre estarão vivas a cada texto que eu escrever daqui para frente.

Desejo que os próximos estudantes que vão integrar do JMP saibam aproveitar e aprendam muito com cada experiência que terão. E ainda, que consigam realizar edições melhores do que as produzidas por nós, turma do 2º ano de Jornalismo da sala 31.

A despedida é necessária para que outros possam também iniciar uma nova trajetória, contar novas histórias e principalmente aprender.

O JMP me fez aprender que o jornalista deve ser comprometido independentemente da editoria em que vai trabalhar. Que deve ser sincero com cada palavra que irá escrever, e deve deixar de mostrar o visível porque isso todo mundo mostra. Deve, então, ir além e procurar o novo.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

33.244 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

dezembro 2013
S T Q Q S S D
« nov   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

galeria de fotos

Mario Quintana George Carlin Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.