Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #373 - 12/09/2013

Notícia de segunda mão no jornal on-line

Um prática, perigosa, está ficando comum no webjornalismo: usar notícias apuradas e produzidas por outros veículos

Evandro Oliveira
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Reprodução/O Diário/Catve

Reprodução/O Diário/Catve

O jornalismo é uma atividade complexa e coletiva. O resultado, aquele que chega até a casa do público, é produto de várias etapas de apuração, checagem, seleção, adequação de formato, tradução de linguagem, entre outros. Infelizmente, essa não é mais uma regra para alguns veículos de imprensa no webjornalismo. Estamos falando dos jornais que fazem das notícias de outros jornais seus principais assuntos.
Numa rápida pesquisa pela internet vamos encontrar notícias que são cópia de outras. Com alguns cliques podemos chegar à origem da informação. Em alguns casos, os próprios autores da “cópia” dão o devido crédito, mas a pergunta continua: fazer jornalismo de “segunda mão”, apropriando-se da produção intelectual de outro, é correto? Óbvio que não.

O meio de comunicação que realiza essa prática não está sendo ético. Quando esse processo passa a ser rotina é porque já não importa “como”, e sim “quanto”, ou seja,  na briga pela supremacia dos acessos ganha quem der primeiro a informação, venha de onde vier.

Os meios de comunicação devem noticiar com os próprios recursos, do contrário, não há razão para disputarem a atenção do público, seja leitor, ouvinte ou telespectador

Mesmo onde há chefes avaliando o trabalho do jornalista ainda existe despreparo. Em alguns casos os repórteres que saem às ruas para realizar a cobertura, têm tanta presa para voltar à Redação que deixam o profissionalismo de lado. Repórteres esses que não são capazes de “ler” uma cena ou de analisar o que é ou não notícia. O resultado é uma realidade deformada do original.

Os meios de comunicação devem noticiar com os próprios recursos, do contrário, não há razão para disputarem a atenção do público, seja leitor, ouvinte ou telespectador.       Para o jornal, o interesse e a necessidade do público devem ser os principais aspectos a serem considerados. Sem essa referência, qualquer bússola se desorienta.

Em alguns jornais é comum ver esse procedimento, de copiar parte da reportagem feita por outro meio de comunicação e colocar um link que leva o leitor à informação original

Um exemplo do modo fácil de fazer jornalismo pode ser visto na reportagem sobre um acidente de trânsito feita pelo canal Catve.tv ( Canal 21 Tv Cabo), no último dia 7. A mesma reportagem foi publicada dois dias depois no site Odiario.com (versão on-line do jornal O Diário do Norte do Paraná).    O jornal digital copiou a reportagem e indicou um link para que o leitor pudesse ler a íntegra da notícia no site do veículo que apurou o fato. É um jeito cômodo e rápido de noticiar, que dispensa jornalistas – e até jornais – já que basta copiar e ampliar o acesso, assim como se faz hoje nas redes sociais. Nesse processo, a checagem, o contato com as fontes, as características e estilo próprios de contar a mesma história e, principalmente, menor chance de errar, desaparecem.

É verdade que o jornalismo está em crise e que é preciso absorver o impacto que a internet causou à profissão. Mas apuração sempre existiu e sempre vai existir enquanto houver espaços exclusivos para a notícia. Terá o webjornalismo de fato o leitor que rapidamente perceber essa diferença.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.133 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Aluno de Jornalismo

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

setembro 2013
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

galeria de fotos

Mark Twain Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.